sexta-feira, 17 de setembro de 2021 - 14:19 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Sistema de monitoramento por câmeras em Itatiaia é prioridade da ‘Gestão Dudu’

Sistema de monitoramento por câmeras em Itatiaia é prioridade da ‘Gestão Dudu’

Matéria publicada em 22 de fevereiro de 2017, 20:39 horas

 


Buscando informação: Carlos César De Paula visitou centro de monitoramento por câmeras no Rio

Buscando informação: Carlos César De Paula visitou centro de monitoramento por câmeras no Rio

Itatiaia – O Secretário de Ordem Pública de Itatiaia, Carlos César De Paula, a pedido do Prefeito Eduardo Guedes, esteve na terça-feira (21) na Sede da Secretaria de Ordem Pública da Cidade do Rio de Janeiro para conhecer os projetos de monitoramento por câmeras executado na capital fluminense.
No encontro, realizado com o Subsecretário Operacional de Ordem Pública, Coronel Luis Cláudio Laviano, De Paula conheceu em detalhes todo o sistema de monitoramento realizado nos principais pontos da cidade do Rio de Janeiro, assim como todo o processo técnico e legal para a implantação e das instalações físicas.
– Temos o Rio de Janeiro como uma das referências do país, sendo um dos pioneiros na oferta do serviço, por isso estamos conhecendo esse trabalho, pois o nosso objetivo é colocar em prática o projeto de instalação de câmeras de em pontos estratégicos  de Itatiaia – defende o secretário.
De Paula salientou ainda que está buscando por meio de estudo de viabilidade técnica um espaço para a construção de um batalhão para a Guarda Municipal, bem como o trabalho de capacitação da corporação.
– Deixamos agendado para a próxima semana uma visita ao Batalhão da Guarda Municipal do Rio de Janeiro para conhecermos  todo o seu funcionamento, pois estamos trabalhando para alcançarmos resultados que realmente façam a diferença na vida dos moradores. Precisamos que o cidadão tenha mais segurança em todos os aspectos – finalizou.
O sistema de câmeras além de permitir visualizar, monitorar e gravar imagens de diversos ambientes simultaneamente age diretamente com o fator psicológico de dissuasão, pois o possível “criminoso” sabe que está sendo vigiado e suas imagens armazenadas pelo sistema, o que inibe a ação de invasores, depredadores, pichadores e pessoas mal intencionadas em geral no ambiente monitorado.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document