quinta-feira, 13 de maio de 2021 - 02:35 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Supremo nega liminar pedida pelo PC do B em caso de cassação de Neto

Supremo nega liminar pedida pelo PC do B em caso de cassação de Neto

Matéria publicada em 12 de junho de 2015, 12:59 horas

 


Relator manda arquivar processo sem analisar pedido de novas eleições ou posse ao presidente da Câmara Municipal

Rejeitado: Ministro Celso de Mello mandou arquivar processo iniciado pelo PC do B de Volta Redonda

Rejeitado: Ministro Celso de Mello mandou arquivar processo iniciado pelo PC do B de Volta Redonda

Brasília e Volta Redonda – O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), mandou arquivar a ação iniciada pelo diretório do PC do B em Volta Redonda pedindo que, no caso de afastamento do prefeito Antônio Francisco Neto (PMDB), o cargo seja passado para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Conrado (PSD), ou sejam convocadas novas eleições, diretas ou indiretas.

Em sua decisão, o ministro escreveu que nega seguimento à reclamação porque ela é, na opinião dele, “manifestamente inadmissível”.

O argumento que o PC do B havia apresentado em seu pedido se baseava em uma série de decisões do Supremo Tribunal Federal em situações similares à ocorrida em Volta Redonda – cassação do registro do vencedor das eleições.

O advogado Edson Andrade de Lima, que é um dos representantes do PC do B na ação, disse em 29 de maio que, embora os TREs e o TSE já tenham decidido dar posse ao segundo colocado em caso de cassação de prefeito eleito em segundo turno, não é isso que está previsto na Constituição Federal nem na Lei Orgânica de Volta Redonda.

— O pedido de liminar se baseia no fato de que o TSE vai julgar em breve os embargos de declaração apresentados pelos advogados que representam o prefeito, e, caso seja dada posse ao segundo colocado, isso representa prejuízo para o município. Assim, é necessária uma manifestação urgente do Supremo no caso — concluiu.

A decisão de Celso de Mello não tem efeito imediato na situação política em Volta Redonda, já que o embargo de declaração com efeito infringente apresentado no processo de cassação do mandato de Neto está com o ministro Dias Toffoli, que pediu vista. A retomada do julgamento depende da conclusão da análise de Toffoli.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

21 comentários

  1. Avatar

    Esse partido tem pouco cacife. Vejam o partido do prefeito “fofão” o quanto embarrera a justiça com recursos protelatorios sem nenhuma sanção desses “ministros”.
    Vergonhos e desmoralizante.

  2. Avatar

    Tirar NETO e por esse tal de ZOINHO é um atraso de mil anos para VOLTA REDONDA !! ta de sacanagem , deixa o homem trabalhar. Ano que vem tem eleição, e vcs que estão doidos para entregar a cidade na mão desse tal de ZOINHO, voltam nele e vamos v se ele ganha !! SIMPLES ASSIM !!

    • Avatar
      ÊTA POVINHO CORRUPTO

      Para defensor de corrupto declarado pelo TRE-RJ e confirmado pelo TSE Vc está bom. Vai ver é mais um cargo comissionado com salário de marajá, ou RPA de politiqueiro. Bom será se Vc for da cidade, pois pelo menos gasta o que ganha aqui mesmo.

  3. Avatar

    É triste assistirmos essa novela. O governo de Volta Redonda, está sem credito e com isso nenhuma empresa ou construtora vem pra cá, e a cidade fica sofrendo junto com o povo. Se toca Neto…

  4. Avatar

    O Pais só vai sair do buraco, se não existir mais esse (STF), Salada de Truta Fatiada. E esse tal de congresso irracional… Vamos trabalhar gente pra pagar imposto… Para eles comprarem mansões em Miami Beach…

  5. Avatar

    todos sabião que iria acabar em pizza msm la em brasilia e aqui em vr isso faz parte da rotina da politica no brazil

  6. Avatar

    Essa novela está na hora de acabar, para o bem da nossa cidade

  7. Avatar

    Só quero saber quem paga as custas processual, do NETO, ZOINHO e desse PARTIDO da BOQUINHA, porque na verdade A BOCA tem que ser muito boa para tanta BRIGA.

  8. Avatar

    A turma da boquinha comenta todas..melhor prefeito kkkkkkkk..so rindo da galera do comercial

  9. Avatar

    A turma da boquinha comenta todas..melhor prefeito kkkkkkkk..so rindo da galera do comercial

  10. Avatar

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkBABACAS

  11. Avatar

    Podia explicar melhor, pq arquivou ?

  12. Avatar

    Na verdade o presidente do partido que entrou com a ação está defendendo a sua boquinha. Que mico, mico não, isso é um KING KONG

  13. Avatar

    O Representante do PC do B tem alguma noção jurídica? é pelo menos estudante de direito para blasfemar deste jeito?

    • Avatar

      Meu caro Antenor – Com certeza esse presidente do PC do B de Volta Redonda, vulgo Julio Cesar, Cargo COMISSIONADO DA PMVR, só sabe mesmo é pelegar e receber seu gordo salário do NETO. Sua iniciativa poderíamos classificar de uma aberração jurídica. É o famoso desespero de se apegar ao cargo.

  14. Avatar

    Sabe por que mandou arquivar??? Porque ele sabe que o NETO não vai sair nuncaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa. Somente quando acabar seu mandato. E quando acabar, indiretamente continuará no poder, porque quem ele apoiar em Volta Redonda, ganha disparado. kkkkkkk
    obrigado Neto por tornar Volta Redonda a cidade com melhor qualidade de vida do interior do Estado, e terceiro lugar no ranking geral do Estado, perdendo apenas para a capital( que é um inferno) e Niterói. obrigado prefeito.

  15. Avatar

    Isso e um absurdo tira o prefeito da nossa cidade dessa forma
    Fica neto estamos todos torcendo por Você

  16. Avatar

    Essa é a mesma história dos comunistas no Brasil desde 1922. Estão aqui só para perturbar a nossa paz.

    Fora comunistas!

    Vão para Cuba, China, Coréia do Norte ou qualquer outro país comunista e nos deixem em paz.

    E por favor levem os capitalistas que trouxeram tbm.

  17. Avatar

    eta novelinha que nunca acaba , faz logo uma nova eleição ,e pronto.

  18. Avatar

    Os comunistas de Volta Redonda, comandados pelo Neto, só fizeram o judiciário perder tempo.

Untitled Document