terça-feira, 20 de outubro de 2020 - 17:49 h

TEMPO REAL

 

Capa / manchete2 / TRE cassa mandato de Ypê, que aguarda decisão do TSE no poder

TRE cassa mandato de Ypê, que aguarda decisão do TSE no poder

Matéria publicada em 5 de janeiro de 2015, 12:16 horas

 


 Ypê é acusado de ter cometido abuso de poder econômico e político

Ypê é acusado de ter cometido abuso de poder econômico e político

Itatiaia

Em 11 de novembro, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ) negou o recurso especial do prefeito de Itatiaia, Luiz Carlos Ypê, e do seu vice Edmar Barbosa da Silva, confirmando, em sessão realizada anteontem, a cassação do mandato dos dois. Ypê e Edmar foram acusados de abuso de poder econômico e político durante as eleições municipais de 2012, quando eles foram reeleitos, em outubro de 2012. De acordo com a denúncia, eles teriam usado um caminhão e um carro de som contratados para prestar serviços à prefeitura. Ypê recorreu e permanece á frente da prefeitura até que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) dê a sentença definitiva em seu processo.

De acordo com a ação, os funcionários e caminhões utilizados para prestação de serviços à campanha dos recorrentes extrapolaram o contrato com a empresa Tetsul Itatiaia Terraplanagem, além de terem sido custeados pelo erário público municipal, o que terminou sendo financiado ilicitamente pela prefeitura, caracterizando o uso indevido de serviços públicos para fins eleitoreiros.

Essa foi a segunda ação que foi movida contra Ypê. O prefeito também foi acusado de ter financiado um jornal para enaltecer sua candidatura e atacar os adversários. No caso, o promotor afirmou que, após análise de computadores e documentos da prefeitura, ele concluiu que o jornal era editado e diagramado em computadores pertencentes à Prefeitura de Itatiaia, sendo impresso depois em alguma gráfica e distribuído gratuitamente para a população.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document