quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Política / TSE cria site para desmentir fake news sobre justiça eleitoral

TSE cria site para desmentir fake news sobre justiça eleitoral

Matéria publicada em 27 de janeiro de 2020, 09:41 horas

 


Brasília – Com o objetivo de reunir, em um só espaço, todos os conteúdos produzidos para rebater informações falsas sobre a Justiça Eleitoral e as eleições, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançou a página “Fato ou Boato?”, com foco nas Eleições Municipais de 2020. O site é uma atualização da antiga página “Esclarecimentos sobre Notícias Falsas”, criada no pleito do ano passado.
Além de ter mais recursos que a antiga página, o espaço – disponível no Portal da Justiça Eleitoral – conta também com materiais produzidos pelas instituições parceiras do TSE que aderiram ao Programa de Enfrentamento à Desinformação com Foco nas Eleições 2020.
Por isso, se apareceu uma dúvida sobre informação ou notícia divulgada nas redes acerca do processo eleitoral, acesse o endereço www.justicaeleitoral.jus.br/fato-ou-boato ou, no Portal do TSE, no centro da página inicial, clique no banner “Fato ou Boato?”.
Com layout mais moderno, no formato onepage (todo conteúdo disposto na mesma página), o espaço está dividido em oito áreas: Passo a Passo, Esclarecimentos, Quiz, Mitos Eleitorais, Agências, Posts, Candidatos e Fake News.
No ícone Passo a Passo, há dicas de como identificar uma informação falsa. Os tópicos foram desenvolvidos pela Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abratel), uma das parceiras do TSE no Programa de Enfrentamento à Desinformação com Foco nas Eleições 2020.
Já na seção Esclarecimentos, foram disponibilizados textos e vídeos produzidos durante as Eleições de 2018 com o objetivo de desmentir conteúdos falsos sobre a Justiça Eleitoral, a urna e o voto.
Há também uma seção criada com o intuito de incentivar o eleitor a conhecer seu candidato. A ideia é orientar o cidadão a pesquisar o passado dos políticos, para verificar se eles têm problemas com a Justiça ou se cumpriram as promessas de campanha, entre outras informações.
A página ainda reúne os vídeos da série Fake News e Eleições – lançados entre o primeiro e o segundo turnos de votação do pleito de 2018 – e da série Mitos Eleitorais.

Imagem: Reprodução site ‘Fato ou Boato’


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar

    Não sei se adiantará muito no caso dos bolsomínios. Essas pobres almas cheias de ódio – vítimas doa Efeitos Mamadeira de Pirok, Lulinha é milionário da Friboi e Kit-gay – parecem ainda imunes à verdade.

  2. Avatar

    “Orientar o cidadão a pesquisar sobre o passado dos políticos” “…a conhecer seus candidatos…. ” “rebater as fake news…”. É mesmo, TSE ? Isso é propaganda hipócrita e convenientemente tardia. Se fosse implementada nas eleições de 2018 o povo não teria votado nas várias merdas que estão aí eleitas, empacando o crescimento do país, dos estados, dos municípios. Um bando de idiotas despreparados, sem noção, exercendo cargos políticos. Por que esse órgão superior eleitoral que gasta milhões em propagandas ( e como gastam) não coibiu um monte de fake news contra os candidatos naturais do povo : mamadeira de piroca, kit gay, destruição de bíblias, tatuagens anti-cristo, delações premiadas mentirosas, etc… ??? Agora, o TSE aparece, em mais uma auto-propaganda ,com esse papo que vai combater as fake news nas próximas eleições. Até parece que é um órgão sério, que as eleições no Brasil é coisa séria. Infelizmente, não é, nenhum , nem outro.

    • Avatar

      Melhor comentário do ano

      Fecharam os olhos convenientemente ano passado no ápice das fake news e, com a merda feita e fedendo, agora vem com esse discurso mentiroso de que se preocupam com os boatos

      Enfiem o site lá onde a luz não chega

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document