sábado, 15 de dezembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Vereador atende moradores do bairro Novo Horizonte, em Barra Mansa

Vereador atende moradores do bairro Novo Horizonte, em Barra Mansa

Matéria publicada em 21 de maio de 2017, 17:27 horas

 


Barra Mansa – Neste sábado (20), o vereador de Barra Mansa, Wellington Pires, esteve no conjunto Novo Horizonte, na Colônia Santo Antônio, com o projeto Vereador no Bairro. Foi montada uma tenda na praça, que fica ao lado da Igreja São João Batista, para atender aos moradores. O evento aconteceu entre 10 e 14 horas e reuniu cerca de 100 pessoas.

O projeto já percorreu os bairros Jardim América, Vila Independência, Goiabal, São Pedro e Entanha. As reclamações, no geral, são sempre as mesmas: infraestrutura, limpeza, iluminação e transporte público. Com sujeira nas ruas, mato alto e vias esburacadas, os moradores pediram a instalação de lixeiras e a manutenção do parquinho, localizado na entrada da comunidade.

Para reduzir o acúmulo de lixo nas vias, Wellington Pires disse que buscará provisoriamente a aquisição de containers, por meio de doação, já que o governo municipal não consegue atender a essa demanda no momento. “Por medida de economia, a prefeitura contratou, em caráter emergencial, outra empresa de coleta de lixo e o contrato prevê apenas a coleta, mas diante de uma contratação definitiva, solicitarei novas lixeiras para o bairro”, explicou o vereador, ressaltando que já encaminhou um requerimento de informação ao Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), questionando quando será feita a contratação definitiva da empresa.

Os moradores aproveitaram para pedir auxílio ao vereador para a implantação de uma Academia da Terceira Idade (ATI) e melhorias na área de lazer. O transporte público também foi alvo de muitas reclamações. O morador do Perimetral, Édio Nunes Teixeira, registrou a suspensão de diversos horários. Sobre o caso, Wellington garantiu que encaminhará um requerimento de informação para que o governo municipal justifique a falta dos coletivos. “Se necessário, vamos agendar uma reunião com o secretário de Ordem Pública, Luiz Furlani, e com representantes da empresa responsável pelo transporte para tratar o assunto e buscar soluções para o problema”, reforçou.

Édio também ressaltou a falta de infraestrutura  e a situação precária da Rua Estrutural, no Perimetral. O vereador garantiu que solicitará um caminhão de escória para amenizar a situação e esclareceu que, diante da falta de recursos na prefeitura, está buscando verbas junto ao Governo Federal. “Estamos levantando as demandas e montando projetos para buscar esses recursos porque, nesse momento, a prefeitura não tem condições”, concluiu.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. No seu bairro jardim america quando ele montou sua tenda nao teve 10 pessoas para conversar ou pedir algo. A reprovação dele no bairro e muito alta entao aqui ele nao engana ninguém

  2. A política está tão ruim que os políticos não sabem o que fazer, estão perdidos são analfabetos eleitos!

  3. O que é mais comum do que se imagina é vereador em dificuldade de entender que seu trabalho é fiscalizar, e não efetuar tarefas e obrigações do executivo. Se ele está fazendo estas reuniões para que ele possa se manter informado para a fiscalização, tudo bem. Mas a partir do momento que o vereador diz que irá fazer isso ou aquilo, que mandará limpar isso ou mais aquilo, já está caracterizado que ele está passando por cima do executivo, enganando também a população que não se interessa ou imagina que o papel do vereador é fiscalização, e não fazer como executivo. Esses vereadores, inclusive, são tão despreparados que e ruins que saem por aí prometendo mandar limpar isso e mais aqui, recebem vários pedidos e certamente não conseguem atender nem 10%. Enfim, com isso eles estão cada vez mais enfiando a corda no seu próprio pescoço pois um dia a população vai perceber que apesar dele ter passado ali, muito coisa continuou do jeito estava ou até pior, e nas urnas ele será “lembrado”. O Marquinhos Pitombeira também andava “mostrando serviço” por aí, e agora parece ter entendido que estava arrumando sarna para se coçar no futuro. O vereador vai, faz papel de executivo, manda cortar o mato e o dia que ele cresce denovo e fica assim por muito tempo, para o povo, a culpa não é do prefeito, é do filho da p&$@# daquele vereador pilantra que sumiu e não aparece mais. A grande dificuldade dos vereadores é que eles não são corajosos e destemidos o suficiente para cumprirem sua função de fiscalização. Igual que Rodrigo Drable vendeu ao povo, ou seja, reconstruir Barra Mansa, esses vereadores usam como desculpa para não fiscalizar de verdade que todos estão unidos para reconstruir Barra Mansa. Mas é tudo uma fachada. Reconstruir Barra Mansa de verdade requer fiscalização de verdade. Significa incomodar para valer o executivo, cobrar, exigir. Isso esses vereadores da atual gestão, sob o comando do fanfarreio e nefasto Marcelo Cabeleireiro, não fazem e não farão. Ou seja, não tem vereador macho ali para cumprir com suas atribuições de fiscalização, então eles ficam por aí montando tendinhas para dizer que estão trabalhando e não reparam que estão se enfocando aos poucos, e ficarão sem oxigênio total nas próximas eleições.

Untitled Document