sexta-feira, 15 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Vereadora solicita mediador para alunos com deficiência

Vereadora solicita mediador para alunos com deficiência

Matéria publicada em 13 de junho de 2019, 22:44 horas

 


Soraia Balieiro quer contratação de profissionais para auxiliarem alunos com deficiência

Resende – A Câmara Municipal de Resende aprovou uma indicação para que a Rede Municipal de Ensino passe a dispor de mediadores escolares para o atendimento de alunos com deficiência. Conforme explica a vereadora Soraia Balieiro (PSB), autora da indicação, mediador escolar é o profissional responsável pela parte pedagógica do aluno e pela interação entre ele e todas as pessoas que compõem o ambiente escolar. Esse profissional é quem passa mais tempo com a criança na escola e faz “a ponte” entre professores, pais e terapeutas.

“Há cerca de três anos começamos uma discussão sobre a viabilização de cuidador para o atendimento a alunos com deficiência, e conseguimos incluí-los no Estatuto dos profissionais da educação. Agora temos cuidadores concursados e novas vagas serão abertas por meio de concurso público, devido à demanda. Estamos agora pedindo que o município nos envie uma proposta para a criação da figura do mediador escolar no lotaciograma da Educação”, diz a vereadora Soraia, que divide com o vereador Odair Ozório (PSD) a indicação ao Executivo.

De acordo com a vereadora Soraia, que também é professora, o processo de inclusão escolar tem o objetivo de promover uma parceria entre a família, corpo docente, gestão escolar e os profissionais que acompanham o estudante. “Sabemos que a inclusão vai muito além de estar em uma sala de aula; é preciso que o aluno faça parte da turma, interaja com os professores e as demais crianças, compreenda as questões pedagógicas e se desenvolva de acordo com as suas particularidades e o seu ritmo de aprendizado, daí a importância do mediador escolar, que irá auxiliar na conquista desses objetivos e dos demais que surgirão no decorrer do desenvolvimento do aluno”, explica.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document