quarta-feira, 1 de dezembro de 2021 - 00:55 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Vereadores vão ao secretário estadual de Saúde para reabrir hospital

Vereadores vão ao secretário estadual de Saúde para reabrir hospital

Matéria publicada em 1 de junho de 2015, 19:58 horas

 


Volta Redonda – A vereadora América Tereza (PMDB) e os vereadores José Augusto (PDT) e Walmir Vítor (PT) foram nesta segunda-feira (01) ao Rio, para uma reunião com o secretário estadual de Saúde, Felipe Peixoto.  Eles levaram uma proposta para viabilizar a reabertura do Hospital Santa Margarida, que teve a falência decretada e está fechado. A ideia é reativar, emergencialmente, a CTI e o setor de hemodiálise do hospital, sob a administração dos atuais sócios da unidade de saúde.
Segundo América Tereza, o secretário estadual de Saúde se comprometeu a encaminhar pacientes que precisem desses dois serviços ao hospital. Com isso, o estabelecimento teria receita que seria usada para quitar seus débitos, permitindo a conversão de sua falência em recuperação judicial, uma situação em que uma empresa obtém prazos para quitar seus débitos, de acordo com um plano previamente estabelecido.
A vereadora acredita que o centro de hemodiálise e a UTI do hospital representam, por si sós, argumentos suficientes para justificar um esforço em torno de sua reabertura.
Ela afirma que esses recursos fazem falta para uma grande quantidade de voltarredondenses e de moradores de outros municípios da região, que às vezes são obrigados a viajar para conseguirem serviços que poderiam estar disponíveis na cidade.
— Volta Redonda ganhou, nos últimos anos, o Hospital do Retiro e a ampliação do Hospital São João Batista, mas perdeu o Hospital Santa Margarida e a Casa de Saúde São José. O fechamento dessas duas unidades reduziu a oferta de leitos e praticamente anulou o crescimento da rede municipal, no que diz respeito ao atendimento da demanda — argumentou a vereadora.
A proposta agora vai ser oficializada e levada ao juiz que preside o processo de falência do hospital e aos Ministérios Públicos federal e estadual. América Tereza afirmou que já conversou com representantes dos dois ministérios públicos e que eles veem com simpatia a perspectiva de reabertura do hospital.
— Agora é apresentar essa sugestão ao juiz. Se ele concluir que a reativação desses dois serviços vai viabilizar a reabertura do hospital, teremos dado um grande passo para reabri-lo — concluiu.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document