quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Volta Redonda pede a inclusão de quatro obras em edital de concessão da Dutra

Volta Redonda pede a inclusão de quatro obras em edital de concessão da Dutra

Matéria publicada em 16 de janeiro de 2020, 18:03 horas

 


Nelson Gonçalves defende a inclusão de quatro obras no edital de concessão da Rodovia Presidente Dutra

 

Volta Redonda – O secretário municipal de Governo, Nelson Gonçalves, defendeu junto com o vice-prefeito de Volta Redonda, Maycon Abrantes, a inclusão de quatro obras no edital de concessão da Rodovia Presidente Dutra. O assunto foi debatido durante audiência pública realizada pela ANTT, no Rio Othon Hotel, no Rio de Janeiro.

No pacote de obras, aprovadas pelo prefeito Samuca Silva, representantes do município pedem a construção de uma passarela ligando os bairros Roma e Rio das Flores, além da abertura de acessos a estas duas localidades, bem como o acesso ao Hospital Regional Zilda Arns e ao Polo Industrial, na Rodovia Volta Redonda a Getulândia.

Ao apresentar as prioridades do município, Nelson Gonçalves, que também esteve acompanhado do presidente do IPPU, Márcio Lins, criticou ainda contra a proposta de implantação de um pedágio em Barra Mansa. O secretário lembrou que tal medida vai impedir o desenvolvimento econômico da região e vai dividir os polos industrial, automotivo, metal mecânico, universitário e de turismo.

“Estas discussões são extremamente importantes, pois uma vez concluído o processo de concessão, novas mudanças somente voltam a ocorrer em 30 anos, quando houver uma nova licitação para exploração da rodovia”, ressaltou Nelson Gonçalves.

O secretário lembrou ainda que, ao ocupar o cargo de deputado estadual, realizou diversas audiências públicas e reuniões, para discutir melhorias e obras de modernidade na Dutra. “Há anos venho defendendo a duplicação da Serra das Araras, além de construção de vias marginais, por entender que sem estes avanços é impossível garantir o desenvolvimento da nossa região”, completou Nelson Gonçalves, questionando ainda que o novo edital de concessão prevê que a obra de construção da nova pista de subida da serra seja iniciada entre três e seis anos após a assinatura do novo contrato.

– Isso é um absurdo, pois esta obra já deveria estar sendo realizada há muito tempo e um assunto como este, de extrema importância, precisa ser debatido com muito rigor – completou o secretário.

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, afirmou que é preciso estar atento ao que está sendo planejado:

– Mês passado fomos à atual concessionária e à EPL, empresa que está executando os estudos. Esses projetos são essenciais para nossa cidade. Temos apenas um acesso à cidade pela Dutra e qualquer projeto precisa estar previamente no edital. A atuação previa da prefeitura vai ser essencial para que possamos corrigir erros históricos que prejudicaram o município – disse Samuca.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

27 comentários

  1. Avatar

    Enquanto isso a cidade esta toda esburacada ai não adianta criticar as empresas de transporte coletivos se nosso gestor público não faz a parte dele , e verba não deveria faltar assim como não faltou em sua campanha né seu samuca

  2. Avatar

    deixem o pedagio la mesmo…pedagio em bm vai prejudicar milhares de pessoas

  3. Avatar

    Isso é jogada política chegar de blá blá blá foram turma do samuca fora a velha política dentro da prefeitura.

  4. Avatar

    Esse pedagio é um absurdo. Vai freiar ainda mais a retomada do aquecimento economico na regiao. Centenas de municipes de deslocam entre pirai e Resende para trabalhar e realizar seus serviços. É um absurdo completo esse pedagio. Queremos o povo nas ruas protestando e cobrando os politicos da regiao.

  5. Avatar
    Eunice de Santa Catarina

    Enquanto isso o famoso jogador de Xadrez de Barra Mansa, Rodrigo Drable, quer mandar em rodovia federal. E a única solução apresentada é reclamar.
    Por causa de políticos assim que Barra Mansa não muda.
    Já o prefeito de Volta Redonda enxerga possíveis melhorias na cidade, ao invés de ficar choramingando.

    • Avatar

      Isso é jogada política chegar de blá blá blá foram turma do samuca fora a velha política dentro da prefeitura.

  6. Avatar

    Cadê a galera do PRIVATIZA TUDO ?

    UÉ ?

    Estão tristes ?
    Não mandaram chamar o Guedes ?

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    • Avatar

      Estão falando em TRANSFERIR o pedágio. TRANSFERIR é RETIRAR de um lugar e instalar em outro. Alguém acredita que, depois de pronta a praça de pedágio em Barra Mansa, a praça de pedágio de Itatiaia será desativada?

    • Avatar

      Esse Juarez tem deficiência mental, coitado.

  7. Avatar
    LUCIANO JOSE FARIAS NICODEMOS

    Prefeitura de Volta Redonda deixe de se preocupar com a Dutra e passe a se preocupar com as ruas e avenidas da cidade que estão completamente esburacada e sem sinalização .

  8. Avatar

    Mais um assalto ao bolso dos contribuintes.Onde estão os Deputados Federais da nossa região? Se agora vamos pagar pedagios
    e estacionamento nas ruas da cidade está na hora de acabar com o maldito IPVA. Isto é DUPLA TRIBUTAÇÃO. Brasileiro vai aceitando tudo.Privatizaram de cabeça baixa.

  9. Avatar

    Vocês não podem ver as pessoas trabalharem que vem pra cá reclamar

    Aposto que a pia está lotada de louça para lavar

    O pior de todos é aquele vai vendo, com ensino fundamental incompleto

  10. Avatar

    Muita conversa jogada fora !! muito Bla, Bla,Bla!! Todos ja sabem os problemas da Dutra Há Anos mas como é ano Eleitoral, ja estão em campanha, vai aparecer Vereadores INOPERANTE como os 21 de Volta Redonda, Prefeitos e futuros candidatos!! A dutra ja era só outro traçado e novas pistas !! Isso ai não vai dar em nada !! Aguardem!!

    • Avatar

      Sai daí fanfarrão

      Sabe nem como pega a Dutra e quer dar palpite

      Deixa os caras trabalharem

    • Avatar

      Vão instalar um novo pedágio na região e onde estão os políticos. O dep. Estadual o federal da região e o senador do estado?

  11. Avatar

    Esse pedágio e este prazo de 6 anos para duplicar a serra é dar chapéu de burro para população

  12. Avatar

    A obra mais importante na via Dutra seria acabar com todas as dúvidas, principalmente na Serra das Araras. A via Dutra teria somente descidas, resultando em redução no tempo das viagens e economia de combustível.

  13. Avatar

    Até que enfim alguém pensou no bairro Rio das flores. Que pertence a Volta Redonda mas para entrar no bairro tem que ir a Arrozal.

    • Avatar

      Tá na hora de acionar os parlamentares.
      Temos deputados federais da região pra levar nossas reivindicações para Brasília e barrar esse absurdo de pedágio regional pra dividir a região Sul Fluminense.

  14. Avatar

    Arrumem a estrada roma x getulandia

    • Avatar

      Desculpe senhor prefeito, mas informo-lhe que temos dois acessos a cidade pela via Dutra.
      Tem que conhecer melhor nossa cidade Sr. Prefeito.

    • Avatar
      Cidadão do Sul Fluminense

      Cidadão VT, acho que ele quis dizer que VR só tem um acesso no qual se usa território volta-redondense. O outro acesso passa por território de BM.

    • Avatar

      cidadao sul fluminense…. getulandia é rio claro e nao BM

  15. Avatar

    NÃO CONCORDO, SE DEPENDE DA MINHA ASSINATURA, VOU REVOGAR A OBRA DO PEDÁGIO EM BARRA MANSA…

Untitled Document