terça-feira, 19 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Volta Redonda promove enfrentamento à violência contra a mulher

Volta Redonda promove enfrentamento à violência contra a mulher

Matéria publicada em 22 de outubro de 2019, 23:38 horas

 


Ônibus ofereceu assistência a mulheres vítimas de violência
(Foto: Geraldo Gonçalves – Secom/VR)

Volta Redonda – Projeto da superintendência estadual  de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, o Ônibus Lilás esteve em Volta Redonda nesta terça-feira, dia 22. A ação faz parte das políticas públicas da Secretaria de Estado e Desenvolvimento Social e Direitos Humanos e disponibilizou atendimento gratuito com advogada, psicóloga e assistente social para a população, das 10h às 16h, na Praça Piero Rafaelo Villani, na Avenida Sávio Gama, no Retiro.

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, lembra que essa é mais uma parceria firmada com o governo estadual, como o Tomógrafo Móvel, que está na Praça Sávio Gama, no Aterrado, oferecendo exames à população. “É uma orientação da gestão a procura por parcerias entre os governos Estadual e Municipal com o objetivo de ampliar a oferta de serviços à população de Volta Redonda”, disse Samuca.

A secretária municipal de Políticas Públicas para Mulheres, Idosos e Direitos Humanos (Smidh), América Tereza, ressaltou que a presença do Ônibus Lilás, que atende todo Estado do Rio, foi uma solicitação do município. “O atendimento no ônibus veio somar às ações pelo Outubro Rosa realizadas pela secretaria de conscientização como a importância da prevenção à saúde e o diagnóstico precoce do câncer de mama e de colo de útero”, falou.

Ela acrescentou que a psicóloga e a assistente social que atenderam no ônibus são do quadro do Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam), que funciona na secretaria. “O objetivo é garantir a continuidade do atendimento em Volta Redonda”, explicou América Tereza. A secretaria acrescentou que o evento contou ainda com as parcerias da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no município, que ofertou o atendimento jurídico, e do Grupo de Apoio às Pessoas com Câncer (GAPC), que fez um trabalho de conscientização sobre o Outubro Rosa.

A superintendente de Enfrentamento da Violência contra a Mulher, a psicóloga Patrícia Xavier, explicou que, juntamente com o ônibus, que possui salas de atendimento, que garantem a privacidade dos assistidos, trouxe serviços de outras pastas da Secretaria de Estado e Desenvolvimento Social e Direitos Humanos.

“Entre os serviços oferecidos estavam isenção de pagamento para 2ª via de certidão de nascimento, casamento ou óbito; isenção para celebração de casamento; isenção para união estável; isenção para 2ª via de documento de identidade; e outros”, enumerou Patrícia.

A moradora do Santa Cruz, Regina Aparecida dos Santos, foi ao evento para conseguir isenção para 2ª via do documento de identidade. “Fiquei sabendo do serviço e corri para cá. Acabei trocando meu registro de nascimento, que também estava sem validade”, disse.

O casal Daniel Passos Drumond e Viviane Almeida Requião, que também mora no Santa Cruz, procurava isenção para celebração de casamento. “Conseguimos o que viemos procurar e ainda vimos que precisávamos de nova identidade e certidão de nascimento. A atendente já agilizou tudo”, contou Daniel, agradecendo a iniciativa.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document