terça-feira, 2 de junho de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Barra Mansa recebe equipe do Estado e kits para detecção do novo coronavírus

Barra Mansa recebe equipe do Estado e kits para detecção do novo coronavírus

Matéria publicada em 6 de março de 2020, 17:40 horas

 


Kits para detecção da doença chegam a Barra Mansa
(Foto: Paulo Dimas)

Barra Mansa- Após a confirmação do primeiro caso do novo coronavírus (COVID-19), a prefeitura de se reuniu com uma equipe de representantes da Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro, na manhã desta sexta-feira (06). O objetivo da visita foi montar uma força tarefa a fim de evitar a propagação da doença e tranquilizar a população em relação a um possível surto epidemiológico.

De acordo com a prefeitura, os hospitais municipais e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) estão totalmente preparados, com profissionais que passaram por capacitações para receberem os pacientes sob suspeita e dentro do grupo de risco de contaminação.

Durante o encontro foram entregues os kits para detecção da doença. Na ocasião também foram definidas as próximas ações, seguindo o protocolo do Ministério da Saúde. Dentre elas, a realização de exames em pessoas que tiveram convívio com a paciente e apresentaram sintomas do vírus. Também passarão por triagens aqueles que tiveram contato com a mulher, porém não apresentam nenhuma característica da doença.

O prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, disse que na noite de quinta-feira (05), se reuniu com diversas autoridades municipais, com objetivo de traçar estratégias de como lidar com a situação.

– O momento atual não é de desespero, mas sim de cuidado redobrado. É preciso estarmos atentos aos sintomas, para evitar que esse problema se agrave. Reforço que não há necessidade de entrarmos em pânico. Pacientes com sintomas de gripe, incluindo febre alta, procurem uma unidade de saúde, principalmente se tiverem inserido no grupo de risco e contato com pessoas que vieram de países que são regiões endêmicas. Todos os protocolos de saúde para esses casos serão adotados. Eu peço que todos estejam engajados a identificar os casos de riscos – solicitou o prefeito.

O secretário de Saúde de Barra Mansa, Dr. Sérgio Gomes, disse que todas as medidas para garantir o bem-estar das pessoas que tiveram contato com a paciente estão sendo tomadas. Sérgio reforçou que não há motivos para pânico.

– O vírus em si não representa uma ameaça à vida das pessoas. Se alguém tiver o diagnóstico da doença e seguir as ordens médicas, se mantendo em isolamento nos primeiros 14 dias, ela terá grandes chances de regressão do caso. Estamos com os hospitais da cidade preparados para receber os pacientes com suspeita do COVID-19. A Santa Casa, por exemplo, conta com leito de isolamento exclusivo para possíveis casos de internação. Neste local também são feitas as coletas dos materiais que posteriormente são enviados para o Lacen – explicou o secretário.

Sônia Machado, coordenadora do Núcleo Descentralizado de Vigilância em Saúde do Médio Paraíba, falou sobre o trabalho conjunto entre município e estado.

– Nós, enquanto Secretaria Estadual de Saúde, viemos dar apoio ao município nas ações necessárias, seguindo todos os protocolos internacionais. Não há necessidade de pânico entre a população, porque todas as ações estão sendo realizadas e a gente, enquanto estado, vem dando apoio ao município, consideração a situação – finalizou.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Com a eficiência da saúde de Barra Mansa, em caso de suspeita você vai ficar pelo menos umas 3 horas contaminando as pessoas na fila para ser atendido.
    Mais uma lástima para o governo Rodrigo Drable.

    Chega logo Outubro. Barra Mansa precisa mudar.

Untitled Document