Barra Mansa retoma ensino presencial para todos os alunos

by Diário do Vale
Barra Mansa – Em função da bandeira amarela, que representa risco leve em relação à propagação da Covid-19, o município determinou o retorno de 100% dos alunos às aulas presenciais na cidade. As escolas municipais, estaduais e particulares já se preparam para receber os estudantes, a partir do próximo dia 18. A proposta foi apresentada ao governo municipal nesta terça-feira, 05, durante reunião do Comitê de Retorno Seguro às Aulas realizada no gabinete do prefeito Rodrigo Drable. O encontro contou com a participação da vice-prefeita Fátima Lima e do secretário de Educação, Marcus Barros.
“Barra Mansa faz parte do percentual de 1% de cidades do país que retomaram as aulas em março deste ano. Isso foi possível graças ao trabalho contínuo das Secretarias Municipais de Educação e Saúde e também do Comitê que pesquisou, analisou e trabalhou arduamente para que pudéssemos ter cada vez mais alunos em sala de aula. Protocolos foram atualizados conforme as bandeiras de risco em relação à Covid-19 iam mudando. Retomamos o ensino no formato híbrido (presencial e remoto)  quando a bandeira era laranja (risco moderado) e agora estamos aptos a dar mais um passo com a bandeira amarela”, destaca Marcus, também integrante do Comitê.
A Presidente do Conselho Municipal de Educação, Morgana de Fátima Campos Vieira, disse que os espaços físicos das unidades de ensino serão adequados para receber a totalidade dos alunos, que todos os protocolos de segurança sanitária deverão ser cumpridos e que, caso os pais não concordem com o retorno dos alunos às aulas presenciais, o ensino remoto será mantido até o fim deste ano.
“A atualização dos nossos protocolos baseada nas orientações da Secretaria Municipal de Saúde, nos permitem afirmar que as escolas não voltarão a fechar, mas sim receber todos os alunos de forma segura. Claro que se a cor da bandeira de risco de contágio mudar, se o risco de propagação da doença estiver em outro nível, reduziremos o número de crianças no modo presencial. Lembrando que este retorno 100% tem que ser outorgado pelos pais e que o ensino remoto ainda será uma opção até o dia 31 de dezembro de 2021. Manteremos todas as medidas de higienização necessárias”, destacou Morgana.
RETORNO SEGURO
A decisão de retorno seguro às aulas presenciais está sob orientações e dados da Secretaria Municipal, Estadual e do Ministério da Saúde. “Barra Mansa realiza uma pesquisa de controle epidemiológico semanal, além da realizada a nível estadual. O trabalho desenvolvido nos permitiu alcançar a bandeira amarela. O risco de contágio é leve, mas isso não significa que a pandemia acabou. Precisamos manter as medidas de segurança sanitária, como uso de máscara e álcool em gel. Estamos empenhados para que o risco de contágio em nossa cidade se mantenha baixo até ser nulo, mas se a realidade voltar a ser a bandeira laranja, 75% dos alunos retornarão às salas de aula. O amarelo já nos permite os 100%”, destacou o secretário de Saúde, Dr. Sérgio Gomes.
A vice-prefeita Fátima Lima relembrou o pioneirismo do governo municipal em criar mecanismo para possibilitar o retorno às atividades, inclusive as educacionais:
“Como tivemos que nos reinventar! Passamos um tempo necessário em casa e também por uma transição de retorno às atividades. Para assegurar os trabalhos na Educação e gerenciarmos a crise causada também a este setor, criamos o Comitê de Retorno Seguro às Aulas. A doença não acabou; não podemos nos descuidar, mas ela está sob controle em nosso município. Que nós possamos conhecer a qualidade da Educação em Barra Mansa, o importante trabalho que desenvolvemos para a sociedade. Somos atores desta história. Fizemos muitas coisas, mas ainda temos muito a fazer. E só fizemos porque temos pessoas engajadas”, destacou Fátima.
Em nome do Prefeito Rodrigo Drable, que estava cumprindo outra agenda no município, a vice-prefeita parabenizou e agradeceu a todos os envolvidos nos trabalhos que possibilitaram o 100% dos alunos em formato presencial nas escolas.

MOÇÃO DE CONGRATULAÇÃO
O Vereador Jefferson Mamede, que é presidente da Comissão Parlamentar de Educação da Câmara, também integra o Comitê de Retorno Seguro às Aulas e o Conselho Municipal de Educação,  aproveitou o encontro para entregar aos membros do Comitê uma Moção de Congratulação pelos trabalhos que permitiram o retorno seguro dos alunos às escolas.
“Este Comitê foi criado há um ano, em outubro de 2020. Ele é composto por um colegiado misto, com representantes das Redes Públicas e Privada de Ensino; da Secretaria de Saúde; de profissionais da Educação e pais. Estou muito feliz em fazer parte deste Comitê e também do Conselho e Comissão da Câmara. Espero contribuir ainda mais com nossa cidade”, disse Mamede; parabenizando o prefeito Rodrigo Drable “por sua visão empreendedora e iniciativa em criar esse colegiado para continuar avançando de forma organizada e traduzindo os interesses da população”.

Novos membros do Conselho Municipal de Educação são empossados

Antes da reunião que tratou o retorno presencial de 100% dos alunos às escolas, aconteceu a posse do Conselho Municipal de Educação, biênio 2021-2023. De acordo com o secretário de Educação, Marcus Barros, o Conselho é um importante parceiro na construção de políticas públicas educacionais:
“Um grupo bem constituído que sustenta nossas ações. Líderes passam, mas a política pública consolidada deve continuar, pois através delas, metas e planejamentos são estabelecidos. O Conselho pode ser um detentor dessas informações, que permitirão continuidade de todo o trabalho realizado. Estamos aqui para que daqui a dez anos possamos visualizar o quanto conseguimos caminhar; desenvolver”, destacou Marcus.
Morgana de Fátima Campos Vieira que já preside o Conselho por dois mandatos, lembrou os desafios enfrentados durante todo o periodo de pandemia:
“Entre as responsabilidades do colegiado está a concessão da autorização de funcionamento e fiscalização das unidades de ensino de Educação Infantil Privadas e as normatizações das ações do Sistema Municipal de Ensino. Em meio à pandemia, nosso desafio foi ainda maior. Fizemos algo que nunca havia sido feito; que nunca tínhamos vivido”, destacou.

Os demais representantes do Conselho são: Alessandra Mara Magalhães; Eliza Mara dos Santos Loureiro Cintra, Zanaila Maria Fazolato da Silva de Souza; Thiago Carlos Resende Ribeiro; Fernanda de Castro Silva Rodrigues; Flávia Gonçalves Real; Aurealice de Ataíde Cruz Calderaro; Lisandra Aparecida Canela.
Também integram o Conselho: Maria de Lourdes Faria Barbosa; Rose Aparecida de Oliveira França Gomes; Daniane Rafaela de Oliveira; Jefferson Alessandro Galdino Mamede; Luciana de Oliveira Alves; Danielle Nunes da Silva de Oliveira; Maria Venância Silva; Elidiane Silva de Paula; Michele Moura da Silva Nascimento; Cecília Maria Lúcio Pacheco; Neusa Maria Santos de Sá; Fernanda Lopes de Avelar; Marceline Silva Neto; Vanuza Amorim Figueiredo e Ivy Cristina Oliveira dos Santos.

You may also like

3 comments

Ana 6 de outubro de 2021, 14:08h - 14:08

Não concordo com a volta total! As salas são pequenas e o quantitativo de alunos é alto, tem turma com até 32 alunos. Como fazer o distanciamento de 1metro. Acho q estão em outra realidade onde todas as salas das escolas públicas são enormes. O Conselho visitou as escolas, será q perguntaram quantos alunos tem em cada turma?

Cada cabeça sua sentença 6 de outubro de 2021, 11:02h - 11:02

Eu não mando.

Não reúno em família.

Meus filhos não estão nas praças ou shoppings.

Convidaria correndo solta.

Na minha família morreram 4 , sendo 2 com 2 doses.

revoltado 6 de outubro de 2021, 10:43h - 10:43

Pode isso Arnaldo… A presidente do Conselho é cargo de confiança na educação?

Comments are closed.

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996