Cabo entrou em confronto com bandidos do Padre Josimo semana passada

by Diário do Vale

Viatura e moto envolvidas no confronto desta madrugada


Volta Redonda –
Natural de Valença, o cabo Leonardo Pinho da Silva entrou na Polícia Militar como praça em 2011 e iria completar nove anos na corporação. O comando do 5º CPA (Comando de Policiamento de Área) está divulgando o serviço de disque denúncia do 28º Batalhão, onde Pinho era lotado.

De acordo com colegas de batalhão, que estão no local onde Pinho foi morto, na semana passada o cabo já havia entrado em confronto com bandidos que atuam na localidade. Na ocasião, um suspeito foi ferido pelo mesmo policial que morreu no confronto ocorrido na madrugada desta quarta-feira.

You may also like

24 comments

E f m 23 de janeiro de 2020, 09:38h - 09:38

pombo fdp
quem apoia bandido e seu presidente molusco e ladrao
quem colocou a maioria no STF foi as ptralha
então cobra deles seu burro
a culpa do policial morto e da ptralha ladrona q fudeu nosso pais

Costinha 23 de janeiro de 2020, 07:41h - 07:41

Depois vão rezar pai nosso e ave maria seus tartufos dos infernos, eleitores do bolsolucifer.

E f m 23 de janeiro de 2020, 09:34h - 09:34

quem apoia vagabu do q eu saiba e o pt,psol ptdob
petista cambada de animal
por isso falam q pista puxam carroca
é um burro msm
falam q presidente e meliciano agora ele apoia vagabundo
se suas mãe aparecem grávida a culpa é dele tambem

capivara 23 de janeiro de 2020, 02:32h - 02:32

que achem o culpado

Tolerância Zero 23 de janeiro de 2020, 01:47h - 01:47

Só não podemos nos esquecer, que por ser traz de um ponto de venda de drogas, existe SEMPRE um policial corrupto…
Esse deveria pagar muito caro…

Marcelo 23 de janeiro de 2020, 08:03h - 08:03

sia mãe tb trabalha lá

Cancela o CPF 23 de janeiro de 2020, 00:07h - 00:07

Todos o moradores sabem quem são os bandidos da comunidade onde moram, principalmente os que moram próximo a esses “cidadãos”. Tem que denunciar e posteriormente cancelar o CPF. Porque atualmente as pessoas que trabalhadoras e tentam viver com dignidade, ficam com medo desses Vermes e não denunciam. As vezes ficam trancadas em casa e os bandidos soltos na rua e armados. Tem que denunciar mesmo. Que o policial descanse em paz e que a família possa ter o consolo de Deus. Meus sentimentos a todos da família e amigos.

Gustavo Guerra 22 de janeiro de 2020, 17:42h - 17:42

A população de Volta Redonda aguarda a devida resposta do restante da Corporação. O Judiciário que se cale e deixe a Polícia fazer o trabalho. Chega de tanto rato na cidade. Usuários de merda, vocês são culpados!

Morador de Volta Redonda 22 de janeiro de 2020, 23:05h - 23:05

Concordo plenamente com você!

Doidera 23 de janeiro de 2020, 06:07h - 06:07

Na verdade o culpado é o judiciario q cria leis q proibem o uso de drogas. Se fosse lobetado isso n teria acontecido

VAI VENDO 23 de janeiro de 2020, 13:16h - 13:16

Desde quando o judiciário que cria leis?

Caxumb 22 de janeiro de 2020, 16:25h - 16:25

Se encararam a pm na bala imagina o q faziam c moradores.o tráfico CRESCE por causa desses malditos usuários r c isso vm a VIOLÊNCIA e TEM MORAFOR Q FALA OS MENINOS DA NOCA A ME AJUDA AI TRAFICANTE .BANDIDO. USUÁRIOS TEM Q ELIMINAR RAPIDO SÃO DESTRUIDORES D FAMÍLIAS E JOVENS TEMOS OBRIGAÇÃO DE AJUDAR NOSSA POLÍCIA 08000260667..OU 190 OU 197.ESSE DA POLÍCIA CIVIL Q JESUS PROTEJA TODOS POLICIAIS CIVIL E MILITAR E CIDADÃO DO BM

Carlos 22 de janeiro de 2020, 15:42h - 15:42

Eu acho que a PM, deveria passar o pente fino e mandar um monte de vagabundo pra vala aqui em VR.

Difícil 23 de janeiro de 2020, 00:13h - 00:13

Exatamente. Porque eles não tem pena de ninguém. Se eles matam PM imagina quem não é. Eles estão ousados demais. As VEZES A PM não mata porque os bandidos possuem mais direto que as pessoas honestas. Ai vem direitos humanos, pastoral não sei da onde, os amigos dos bandidos e por ai vai. Isso quando não acontece da polícia prender e o judiciário soltar. É uma zona total

Maria 23 de janeiro de 2020, 06:34h - 06:34

Pelo amor de Deus nobre PMERJ,manda pra vala os muitos vagabundos.Chega de PM morrer.

justiceiro 22 de janeiro de 2020, 14:16h - 14:16

questão de honra subir e descer com a cabeça do fugitivo em uma bandeja.

Kovalski 22 de janeiro de 2020, 10:36h - 10:36

As policias executam o seu trabalho com maestria coragem e determinação, mas temos um judiciário de merda!

GENINHA 22 de janeiro de 2020, 13:41h - 13:41

SE INFORME MAIS, QUEM FAZ AS LEIS SÃO OS POLÍTICOS, ASSIM COMO FIZERAM COM A FAMIGERADA REFORMA DA PREVIDÊNCIA E A ESCRAVOCRATA LEI TRABALHISTA. JUÍZES, MP, POLÍCIA E TRIBUNAIS SUPERIORES SÓ FAZ CUMPRIR O QUE OS QUE VC BOTOU NO CONGRESSO APROVARAM EM FORMA DE LEI. ENTÃO ANTES DE MOSTRAR SUA RAIVINHA SELETIVA SE INFORME MAIS.

Juarez Barracuda 22 de janeiro de 2020, 15:00h - 15:00

Verdade, o filhote 01 do bozonazi já devia estar dormindo num beliche de concreto, não fosse esse judiciário frouxo

Pais de merda 23 de janeiro de 2020, 01:00h - 01:00

Judiciário de merda mesmo que consede liminar pra bandido entrar na corporação tem um monte de bandido com liminar na PM por isso mancha a corporação esses merdas vendem drogas prós vagabundo e amas enquanto não mudar a lei isso não vai acabar

Tirahana 22 de janeiro de 2020, 09:56h - 09:56

E ai qual foi a resposta dada pelo o comando questao de honra para esse comandante desse batalhao ir buscar o meliante e coloca lo atras das grades …..sera que foi ou nao ….

Lucas 22 de janeiro de 2020, 08:43h - 08:43

Mais Paz meu Deus!

Pombo 22 de janeiro de 2020, 09:18h - 09:18

Votam em Bolsonaro e Witzel e ainda querem paz? No mínimo incoerente isso.

Capeta da grota do Santa cruz 22 de janeiro de 2020, 09:20h - 09:20

PAZ PARA QUEM MERECA PAZ. AGORA PARA BANDIDO ….

Comments are closed.

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996