quarta-feira, 27 de outubro de 2021 - 10:43 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Decreto flexibiliza regras de prevenção à Covid-19 em Angra dos Reis

Decreto flexibiliza regras de prevenção à Covid-19 em Angra dos Reis

Matéria publicada em 6 de maio de 2021, 08:02 horas

 


Angra dos Reis – O município publicou novo decreto com normas de combate a Covid-19 com validade até o dia 20 de maio. Pelas novas regras atividades econômicas, com atendimento presencial, ficam autorizadas a funcionar das 8h às 20h. O setor de eventos, responsável pela realização de conferências, palestras, feiras, festas e convenções, também está autorizado a atuar, porém com 30% da capacidade total do local, atendendo às normas sanitárias. O mesmo vale para os salões de festas dos clubes.

Porém continuam proibidos, eventos sociais, tais como, casas de show, bailes funks de rua ou em lugares fechados e baladas, assim como qualquer evento que cause aglomeração em áreas públicas e particulares.

Turismo 

A ocupação de hostels, pousadas, hotéis e congêneres poderá ser de no máximo 80% de sua capacidade total, sendo que os salões de festas seguirão o protocolo específico definido para o setor, que é de 30%.

Vale ressaltar que estes meios de hospedagem não poderão oferecer ao uso dos hóspedes as áreas de lazer, spas e parquinhos infantis. Os bares, restaurantes, academias, piscinas e salões de festas poderão funcionar, porém, cumprindo as medidas sanitárias pertinentes e adequadas a cada situação.

Marinas 

As marinas públicas ou particulares, a partir de agora, poderão liberar a saída de embarcações de esporte ou recreio com a comprovação da necessidade de deslocamento marítimo emergencial para outra localidade ou a ocupação de, no máximo, 80% da capacidade total.

As demais normas a serem seguidas para o uso das embarcações podem ser encontradas no decreto 12.059, publicado no Boletim Oficial do Município nº 1.328, disponível no www.angra.rj.gov.br .

Ônibus 

Os ônibus que circulam dentro do município poderão trafegar, em qualquer horário, com possibilidade de 100% da ocupação dos assentos e de 75% em relação à capacidade total de passageiros sentados.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document