quarta-feira, 8 de julho de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Defesa Civil de Barra Mansa monitora rios que cortam a cidade

Defesa Civil de Barra Mansa monitora rios que cortam a cidade

Matéria publicada em 6 de janeiro de 2020, 09:30 horas

 


Defesa Civil está em alerta para ajudar em momentos de necessidade


Barra Mansa –
As chuvas que caíram em Barra Mansa neste domingo não trouxeram transtornos para a cidade. Apesar da intensidade, a Defesa Civil não recebeu chamados para atendimento de relevante risco. O órgão registrou apenas queda de galhos de árvores e alterações no nível dos Rios Paraíba do Sul, Barra Mansa e Bananal, porém sem transbordamento.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Sérgio Mendes, o Serginho Bombeiro, na cabeceira do Rio Bananal, em 24 horas, choveu o equivalente a 67mm. “A quantidade de chuva elevou o nível do rio para 3,81 metros. Já no Rio Barra Mansa foi registrado um volume de 45,2 mm de chuvas em 24 horas, alterando o nível do rio para dois metros de altura”, informou Mendes.
As precipitações nas áreas abaixo da Represa do Funil, em Resende, oriundas de rios localizados no Sul de Minas Gerais e que desaguam no Paraíba do Sul, elevaram o nível do rio para 2,94 metros.

Nesta segunda-feira, dia 6, agentes da Defesa Civil estão percorrendo diversas áreas do município consideradas de risco a fim de avaliar a situação e traçar um panorama, já que o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê para hoje tempo encoberto a nublado, com possibilidades de chuvas isoladas e ventos de fraco a moderado. Em Barra Mansa, a temperatura mínima é de 19º e a máxima pode chegar a 32º.

A Defesa Civil segue em estado de alerta. As chamadas de urgência/emergência devem ser feitas pelo número 199.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document