Fundamp vai cobrar por consultas e exames - Diário do Vale
segunda-feira, 27 de setembro de 2021 - 03:04 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Fundamp vai cobrar por consultas e exames

Fundamp vai cobrar por consultas e exames

Matéria publicada em 2 de julho de 2018, 15:45 horas

 


Cobrança começa este mês e vai atingir servidores municipais de Barra Mansa que aderiram ao plano antes de 2010

Barra Mansa – O Fundamp (Fundo de Assistência Médica Permanente dos Servidores Públicos Municipais de Barra Mansa) passará a cobrar a partir deste mês 10% do valor de cada consulta e de 25% de exames feitos pelos associados e dependentes. Quem aderiu o plano antes de 2010 passará a contribuir de acordo com uma tabela estabelecida. Os dependentes dos titulares, com idade entre 0 e 17 anos, participarão do plano com uma mensalidade de R$ 78,64. A partir dos 18 anos em diante o valor a ser pago será de R$ 120 fixos com atualização anual do IGP-M.

De acordo com o diretor executivo do Fundamp, Nivaldo Viana, os associados que aderiram ao plano após 2010 já contribuem seguindo uma tabela de preços de acordo instituída em 2010, revisada em 2016 e que passa agora a ser unificada. O valor mínimo de R$ 78,64 para dependentes até 17 anos e máximo de R$ 470,86 para maiores de 70 anos.

-Nossa intenção é equilibrar as contas, já que nossas despesas são altíssimas e a maioria dos nossos contribuintes aderiu ao plano antes de 2010 –

Como fica a contribuição a partir de julho de 2018 para os dependentes:

 

TABELA DE CONTRIBUIÇÃO DOS DEPENDENTES – ADESÃO A PARTIR DE 12/05/2010

Atualização anual IGP-M
FAIXA ETÁRIA VALOR MENSAL
0 A 17 ANOS R$ 78,64
18 A 29 ANOS R$ 106,36
30 A 39 ANOS R$ 118,70
40 A 49 ANOS R$ 148,72
50 A 59 ANOS R$ 175,56
60 A 69 ANOS R$ 367,46
70 ANOS EM DIANTE R$ 470,86
TABELA DE CONTRIBUIÇÃO DOS DEPENDENTES – ADESÃO ATÉ 11/05/2010
Atualização anual IGP-M
FAIXA ETÁRIA VALOR MENSAL
0 A 17 ANOS R$ 78,64
18 ANOS EM DIANTE R$ 120,00

 

Despesas ultrapassam R$ 800 mil ao mês

 

Atualmente, o Fundamp possui mais de 5,5 mil associados, o que resulta numa contribuição mensal de aproximadamente R$ 577 mil. Porém, as despesas ultrapassam a marca de R$ 800 mil/mês. Somente no período entre janeiro e 19 de junho desse ano, foram realizadas mais de 14 mil consultas e 28 mil exames, o que resultou numa despesa de aproximadamente R$ 1.058 milhão.

O diretor executivo explica que 80% do que é contribuído é direcionado para pagar as despesas da Santa Casa de Misericórdia de Barra Mansa, hospital responsável pela maioria dos procedimentos de alta complexidade.

-Os 20% restantes são para as outras clínicas e hospitais, médicos internos, fisioterapeutas, laboratório, pagamento da folha de funcionários e serviços de manutenção como luz, água, telefone, internet, entre outras despesas mensais – completou Nivaldo.

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

8 comentários

  1. Infelizmente não temos políticas públicas que valorizem os serviços essenciais. O Fundamp poderia ser a menina dos olhos do comprometimento dos gestores públicos com os servidores públicos municipais. Porém, está literalmente largado, atendendo precariamente aqueles que ainda acreditam na Instituição.
    Triste situação!

  2. MARCO ANTONIO DA SILVA LUZ

    Com os funcionários sem reajuste ou reposição salarial o Fundamp não tem aumento de receita. Eu já saí e os demais funcionários deveriam fazer o mesmo, e acabei de vez com aquele cabide.

  3. Fundamp acabou faz mais de 10 anos. A pilhagem é clara por parte desse “plano de saúde”.
    Tem que ser muito abestalhado para continuar conveniado sem retorno adequado.

  4. Servidora indignada

    Por isso que a primeira coisa que eu fiz foi me desligar do fundamp. Já estou fora dele a 6 anos e não sinto a menor falta. O SUS me atende melhor do que esse plano fajuto.

  5. — OS HOSPITAIS PUBLICO DE MODO GERAL ESTA A CADA ANO PIOR . SE AS PREFEITURAS NÃO PARAR
    DE PEGAR O DINHEIRO IRÃO FECHAR AS PORTAS .

  6. Sei que minha mensagem poderá não ser mostrada aqui no DV, mas mesmo assim vou tentar quem sabe. O que acontece com o Fundamp é simples de explicar, nem toda verba descontada de nosso contra cheque vai para pagar as contas do Fundamp. Todos nós sabemos que a prefeitura sempre tem pegado dinheiro do Fundamp para pagar despesas de responsabilidade da própria prefeitura

    • E isso não vem de hoje, o Fundamp vem sendo dilapidado a cada novo prefeito. Eles acham que o dinheiro público é deles e o funcionalismo que se lasque!

  7. Acho interessante, realizar uma auditoria nas despesas com à Santa Casa. Pois, r$ 400 mil por mês, acho muito!!!
    É o mais estranho!! Lá se nega tudo aos usuários, desde consultas e até exames simples.
    Outra coisa, o fundamp não deve pagar ao hospital valores iguais a um plano de saúde particular, pois a realidade dele é outra.

Untitled Document