sábado, 27 de novembro de 2021 - 23:04 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Guarda Civil Municipal de Valença fecha dois bares e interrompe duas festas por desrespeito ao decreto municipal

Guarda Civil Municipal de Valença fecha dois bares e interrompe duas festas por desrespeito ao decreto municipal

Matéria publicada em 22 de março de 2021, 09:39 horas

 


Os locais desrespeitavam o Decreto Municipal 031/2021, por estarem com as portas abertas e aglomerações após as 19 horas – Foto: Divulgação.

Valença- Durante a semana a Guarda Civil Municipal de Valença, fechou e autuou mais dois bares que desrespeitava o Decreto Municipal 031/2021, por estarem com as portas abertas e aglomerações após as 19 horas.

Na noite da última sexta-feira (19) atendendo a denúncias, a Guarda Municipal interrompeu duas festas com aglomerações e som alto, caracterizando a perturbação do sossego. Uma das festas, estava sendo realizada numa propriedade alugada para o evento, com enorme concentração de pessoas. O auto de infração, foi lavrado às 23 horas, já dentro do horário do toque de recolher que é das 22h às 5h.

Na segunda festa, com a chegada da GM, às 00:29, no bairro Chacrinha, foi constado som alto e aglomerações no local. A festa foi interrompida e o responsável foi autuado por desobediência ao não cumprimento do Decreto 031/2021.

A Guarda Civil Municipal de Valença informou que irá intensificar a fiscalização e que denúncias de locais com aglomeração de pessoas, festas e outros eventos devem ser feitas por meio do telefone no 153. A GCM reforça que a recomendação é para que os moradores fiquem em casa e evitem esse tipo de situação.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. Ja passou da hora dessas tralhas entenderem ne… ah, desce o cacete! Nao tem jeito desce o cacete e faz doer muito no bolso.. tem umas antas q so entendem assim.tranca na jaula ate a pandemia acabar, sei la q faz com essas merda..

  2. Quando se contaminar tenha a hombridade de não ir ao Hospital tirar vaga de quem respeita e guarda as leis. Bom Fim!

  3. Os autuados podem recorrer alegando abuso de autoridade e flagrante desrespeito ao Artigo 5° da CF 1988 pelas autoridades públicas municipais.
    Isolamento social não altera em nada a disseminação do Covid19.

  4. JAQUELINE RAMOS BIANCO

    Parabéns, não querem respeitar a ordem pau no crânio para poder entender. Talvez assim escutem e parem de achar que estão vivendo no paraíso onde não tem mais ninguém por perto.

Untitled Document