>
segunda-feira, 23 de maio de 2022 - 14:17 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Guarda municipal de VR apreende duas motos barulhentas

Guarda municipal de VR apreende duas motos barulhentas

Matéria publicada em 27 de dezembro de 2021, 17:05 horas

 


Órgão vai intensificar ações em Volta Redonda

Os veículos foram removidos para o depósito público – Foto: Divulgação PMVR.

Volta Redonda- A Secretaria Municipal de Ordem Pública (SEMOP) e a Guarda Municipal de Volta Redonda (GMVR) estão intensificando a fiscalização às motocicletas irregulares. Com o intuito de garantir a segurança e o cumprimento do CTB (Código de Trânsito Brasileiro), o alvo das operações tem sido as “motos barulhentas”. Os veículos trafegam com o escapamento adulterado ou livre – o que faz aumentar o barulho a níveis não permitidos por lei.

Segundo o comandante da GMVR, João Batista dos Reis, neste fim de semana duas motocicletas ‘barulhentas’ e irregulares foram apreendidas, na Avenida Paulo de Frontin e Rua Rui Barbosa Oliveira, no bairro Aterrado, após denúncia pelo 153 – número da corporação. Além do escapamento adulterado, as motos estavam trafegando sem placas e um dos condutores não possuía CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

De acordo com o comandante João Batista, em uma das motos havia também uma cápsula para acondicionar drogas nas rodas dianteira e traseira. Os veículos foram removidos para o depósito público. Os condutores terão de pagar multas pelas infrações graves previstas no CTB (Código de Trânsito Brasileiro).

“Fomos alertados de que havia duas motocicletas descaracterizadas trafegando em via pública. A denúncia ainda apontava que possivelmente os condutores iriam participar um de encontro, conhecido como “rolezinho”. Interceptamos as motos e verificamos que todas trafegavam irregularmente: sem placas de identificação, com o escapamento adulterado, e um dos condutores sem CNH, todas as infrações são graves. O que também nos chamou atenção é que uma das motocicletas, nas rodas dianteira e traseira, havia uma cápsula para acondicionamento de drogas, porém o pino estava vazio”, disse.

Mais de 170 ‘motos barulhentas’ apreendidas neste ano

O comandante da GMVR João Batista dos Reis comentou ainda que a incidência de reclamações das motos barulhentas é constante pelos canais de denúncia: 153 e 156 (CAU – Central Única de Atendimento). De janeiro até dezembro deste ano, mais de 170 motos barulhentas e com outras irregularidades foram apreendidas pela Guarda Municipal.

“De janeiro até hoje seguimos realizando blitz em pontos estratégicos da cidade para coibir o tráfego dessas motos. Contribuindo para a segurança do trânsito e dos condutores que respeitam as normas. As motos irregulares fazem práticas perigosas e podem causar acidentes, além de tirar a atenção dos demais condutores gerando situações de vulnerabilidade na via pública”, comentou.

Ordem Pública vai desenvolver ações em conjunto policias Militar e Civil

O tenente-coronel Luiz Henrique Barbosa à frente da secretaria de Ordem Pública (SEMOP) ressaltou que já traça estratégias com a Polícia Militar e Civil para retirar de circulação as motos barulhentas.

O trabalho, segundo o tenente-coronel, será também de conscientização e educação com as entidades comerciais para que lojas e empresas contratem profissionais, que tenham veículos aptos e regularizados para as entregas.

O tenente-coronel revelou ainda que nesta manhã, dia 27, se reuniu com representantes da Aciap para discutir as ações da campanha de educação para motociclistas.

“Vamos organizar ações integradas com a Polícia Militar e Civil, já estou em contato com o comandante do 28º BPM e o delegado da 93ª DP para desenvolvemos as estratégias em conjunto. Já tive uma reunião com a Aciap nesta manhã e também vou me reunir com a CDL e o Sicomércio para que nos ajude em uma campanha de conscientização e educação, principalmente, em relação aos motoboys. A intenção é que essas entidades contratem profissionais que estejam com sua moto em condições de tráfego e regularizadas. Pois as motos barulhentas causam um prejuízo social grande na saúde, no descanso de crianças e enfermos, na perturbação do trabalho e sossego”, finalizou o tenente-coronel Luiz Henrique.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

14 comentários

  1. Em Pinheiral esta um inferno essas motos barulhentas, eles passam enfrente a polícia militar e não fazem nada!

  2. Cadeia neles!

  3. Temos que denunciar o tempo todo, tanto esses arruaceiros de moto quanto aqueles traficantes que tem em todos os bairros, ajudar a polícia e a guarda, só assim para termos uma cidade segura.

  4. A populacao deveria fazer uma campanha:

    Delivery com moto barulhenta teriam suas entregas recusadas.

  5. Fala sério duas motos só???…..eu teria vergonha de anunciar isso, eles passam em bandos com mais de 30 motos em toda as ruas da cidade…..essa GM é uma piada e esse tal de batista pior ainda é igual nota de 7 reais kkkkk….falso.

  6. Parabens a guarda mas tem muitas sinda

    • jose henrique otaviano

      Basta colocar alguns guarda na principal do Retiro durante o dia e principalmente depois das 20 horas. Vai recolher muitas motos.

  7. O problema das motos barulhentas não é só de segurança. É também , e principalmente, de encheção de saco, perturbação da ordem pública, agressão à saúde de idosos, crianças e acamados. E mais : não tem essa de educar e conscientizar. Não se consegue educar e conscientizar imbecis e ignorantes maiores de idade. A solução é prender e multar, com multas pesadas. Educar as crianças e punir com a morte os adultos transgressores foi uma das ações impetradas pelo grande líder Mao Tse-Tung, que permitiu tirar a China da submissão imperialista , da miséria e da alienação,da ignorância e da idiotice do seu povo, conduzindo o país para se tornar uma potência mundial.

  8. Tem que coibir mesmo,aqui no Bairro Santo Agostinho o que mais tem, são essas motos barulhentas.

  9. O MESMO TEM QUE SER FEITO PELA GUARDA DE BARRA MANSA.POIS AQUI ESSES VAGABUNDOS PERTUBAM A PAZ TAMBEM…….

  10. Parabéns pela ação da GMVR.
    Malditos motoqueiros com suas motos barulhentas.

Untitled Document