domingo, 19 de maio de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Mulher é presa após esfaquear marido em Paraty

Mulher é presa após esfaquear marido em Paraty

Matéria publicada em 16 de maio de 2019, 09:12 horas

 


Paraty – Policiais da 167ª DP (Paraty), coordenados pelo delegado titular Marcelo Russo, prenderam nesta quarta-feira (15), Marlene dos Santos Neves de Cerqueira. Ela foi presa por suspeita de esfaquear a virilha do companheiro dela, Valdeci Pereira dos Santos. O crime ocorreu, no mesmo dia, em um dos quartos onde o casal estava hospedado numa pousada em Paraty.

O delegado disse que agressão foi motivada após uma discussão por ciúmes da vítima. O policial disse que Valdeci acreditava que Marlene tinha um amante. Após o crime, Marlene fugiu embarcando no Centro de Paraty, em um ônibus da Viação Reunidas sentindo São Paulo.

Ela, no entanto, foi presa em Guararema (SP) e levada para a Delegacia de Paraty, onde foi indiciada por lesão corporal grave. A vítima foi socorrida num hospital da cidade e não corre risco de morrer.

Transferido

Pablo Danilo dos Santos Damásio, de 22 anos, foi transferido nessa quarta-feira (15), da cela provisória da 167ª DP (Paraty) para o sistema penitenciário de São Paulo. Ele foi preso no dia anterior, no bairro Mangueira, em Paraty, por suspeita de matar Viviane Miranda Maurício, de 26 anos.

A vítima seria suposta amante de Pablo. O crime foi no dia 24 de março deste ano, no apartamento do suspeito, no Condomínio Residencial Província Cisplatina, Parque São Vicente, em Mauá, região do ABC paulista.

Pablo confessou que esquartejou o corpo da vítima e colou dentro de uma mala no guarda roupas do quarto de casa onde morava. O suspeito explicou que matou Viviane para que a esposa não descobrisse sobre o seu relacionamento extra conjugal.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar
    Antonio Carlos Peludo

    Lei João da Penha nela

  2. Avatar
    capeta da grota do Santa cruz

    HOMENICIDIO?

  3. Avatar

    Vão criar o “homenecídio”?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document