terça-feira, 15 de junho de 2021 - 10:34 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Neto nega acusações de Cabral

Neto nega acusações de Cabral

Matéria publicada em 13 de maio de 2021, 10:53 horas

 


Preso por corrupção, ex-governador disse que houve pagamento de R$ 3 milhões a Toffoli para reverter cassação do registro de Neto em 2015

Volta Redonda – O prefeito de Volta Redonda, Antônio Francisco Neto (DEM)) desmentiu as declarações do ex-governador Sérgio Cabral sobre um suposto pagamento de R$ 3 milhões ao então ministro presidente do TSE Dias Toffoli, para o julgamento de um processo eleitoral em 2015, quando o plenário chegou a cassar, o quarto mandato de Neto.

Em entrevista ao programa Dário de Paula, da Rádio Sintonia do Vale, na manhã desta quinta-feira, 13, Neto garantiu que, as declarações do ex-governador são infundadas. “Podem me acusar de qualquer coisa, menos de desonestidade. Nunca dei dinheiro a ninguém e nunca vou dar”, enfatizou Neto, lembrando que o próprio Cabral, em outra delação, o isentou de qualquer participação em atos de corrupção no governo do estado, ao comentar sobre denúncias relacionadas ao Detran, quando neto presidiu o órgão estadual.

Para o prefeito, a delação de Sérgio Cabral é um direito do ex-governador, condenado à prisão por corrupção, como estratégia para reduzir a pena prevista em 300 anos. Na delação de Sérgio Cabral, o ex-governador fala sobre o suposto pagamento de uma vantagem ao ministro Dias Toffoli, que à época, era presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). “Não vai ser uma denúncia do Cabral agora que vai manchar a minha imagem. Vida que segue”, disse o prefeito, afirmando que o processo que chegou ao TSE naquela ocasião dizia respeito a outdoors instalados na cidade, no período eleitoral, com pedidos de doação de sangue, que não faziam promoção pessoal dele.

Processo

A Polícia Federal pediu ao STF (Supremo Tribunal Federal) a abertura de investigação para apurar as declarações do ex-governador do Rio sobre um suposto pagamento ao ministro para beneficiar, em 2015, os prefeitos de Volta Redonda e Bom Jesus de Itabapoana. A PF investiga supostos pagamentos que teriam sido administrados por Hudson Braga, que é de Volta Redonda. Braguinha, como é conhecido, integrou o governo de Neto (1996-2000) e depois se tornou secretário de Obras de Cabral.

Através de nota, Dias Toffoli também refutou as declarações de Cabral, afirmando que “jamais recebeu valores ilegais ou atuou para favorecer qualquer pessoa no exercício de suas funções”. A mesma delação de Cabral, aceita pela Polícia Federal, foi rejeitada pelo Ministério Público Federal por considerar que o ex-governador não apresentou nenhum indício de que poderia comprovar as afirmações.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

22 comentários

  1. Fazer oposição ao prefeito eleito em primeiro turno, com mais de 85 mil votos é fácil!
    Difícil é governar Volta Redonda como ele governa!
    Quem souber de alguém melhor do que o Neto que diga quem é. Votaremos nele.

    • Neto mas oito anos

      Baltazar, excelente, desce do trono e procura saber o que ele fez em 4anos, prefeitura quebrada

    • Há muitos prefeitos fazendo bons governos aqui mesmo no ERJ. O prefeito de Resende é um deles na região. Se ele viesse concorrer em VR ganharia poucos votos porque os 85 mil eleitores querem governante que desrespeita as leis, ou seja, governante bandido.

  2. SERGIO CABRAL, O AMIGUINHO DAS COMIDAS SÍRIAS… ROLOU DE TUDO ENTÃO. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK. BRAGUINHA, PEZÃO E CAMARILHA QUE O DIGAM. $$$$$$$$$$$$$$

  3. Quem falou a verdsde foi o zoinho em brasilia todos sao santos e aqui e honestidade e competencia. Viva taxa de iluminacao publica e desconto de 14. Vinte anos sem aumento. Viva cidade do aco

  4. Se procurar direitinho nosso aí a verdade aparece

    Quem tem memória boa sabe bem disso

    Deve ter prefeito com insônia atualmente

  5. Cheio de processos nas costas e mesmo assim continua afirmando que é honesto. Ser honesto quer dizer fazer o que é bom e ser bom, no caso de um agente público respeitar as leis administrativas. Afirmando várias vezes sua honestidade, ele está desqualificando a justiça em todos os processos.

  6. tá muito estranho, porque Cabral ferraria de graça com um aliado seu? porque Dias toffoli mudou de voto? porque alexandre morais num começo de plantão deu como errado um trabalho de meses da justiça de primeira e segunda instância, ele monocraticamente, considerou que todos estavam errados e só ele o certo?

  7. Jose Figueredo do Nascimento

    este e o quer o povo queria taxa de iluminacao e conrupcao

    • Na verdade os 85 mil eleitores queiram mais 8% de aumento na conta de energia elétrica. Muitos servidores também queriam mais descontos no contracheque. Por isso votaram nele.

  8. Tbm quero saber,quando vai pagar a recisão dos professores da creche aracy de biasi no açude,estamos precisando.

  9. DIAS não passou em dois concursos públicos para ser juiz em São Paulo, logo Dias não tem condições de julgar ninguém!
    DIAS É tão ignorante que mandou soltar bandido conhecido aqui e na China.

  10. Não duvido nada. Aquele STF tá cheio de bandidos.

    • Na época dessa decisão já estava na cara que havia algo de errado, mas o povo tem memória curta e adora um larápio, por isso permaneceu no cargo se reelegeu e depois se elegeu novamente e se vier candidato na próxima eleição se reelege de novo, pois o povo adora sofrer kkkkkk

    • estamos de olho

      Não jogue para a galera se você não é um dos eleitores dele. Sejamos mais específicos: foram exatamente 85 mil eleitores. Eu estou de fora.

  11. Bangu 8 te espera

    Parece que o Cabral vai ter uma companhia de peso, literalmente falando. Santo do pau oco.

  12. kkkkk,essa piada foi a melhor para finalizar a semana.kkkkk

  13. O problema d prender esse gatuno gordo…. É q depois, ele vai conseguir um habeas corpus, e o povo alienado irá votar nele, pq ROUBOU MAS FEZ. igual ao caso do 9 dedos. F…….!

    • Neto mas oito anos

      Quero novidade,sei desta conversa a muito tempo.Realmente não saiu do bolso dele, amigos pagaram
      Ele podia falar quanto custou os sete advogados que ele contratou, foi bem baratinho
      Perdeu de sete a zero aqui no Rio e em Brasília reverteu o processo

  14. A justiça tarda mas não falha e a verdade prevalece.

  15. Cristino Gomes da Silva Cleto

    Quero saber quando é que você vai pagar o PROEIS atrasado a 6 meses, prefeito.

Untitled Document