sábado, 17 de agosto de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Placas de carros no padrão Mercosul começam a ser implantadas na região

Placas de carros no padrão Mercosul começam a ser implantadas na região

Matéria publicada em 12 de setembro de 2018, 16:16 horas

 


Troca não será obrigatória, porém Denatran determinou que todos os estados implantem novo modelo até o final do ano

Sul Fluminense – O emplacamento de automóveis com o modelo do Mercosul começou nesta terça-feira (11) no estado do Rio de Janeiro. Em Volta Redonda ainda não há um quantitativo de carros com as novas placas, mas o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) afirma que os cidadãos fluminenses poderão ter acesso ao novo modelo. A troca não será obrigatória para todos os veículos, porém o Denatran determinou que todos os estados devem implantar o novo modelo até o dia 1º de dezembro deste ano.
Para aqueles que desejam trocar a placa ou realizar operações que envolverem novas placas, já receberão o modelo Mercosul. O valor de fabricação da placa é o mesmo do modelo antigo (R$ 219,35).
De acordo com informações do Detran, a nova placa vai dar maior segurança aos proprietários de veículos, evitando a possibilidade de clonagem, terá código único e conterá todos os dados de confecção da placa, além de facilitar o rastreamento das placas. Autoridades policiais poderão identificar instantaneamente onde a placa foi confeccionada e a qual veículo pertence. Desta forma, se as características não coincidirem, será possível saber se o veículo é clonado ou não.
Segundo o Departamento, outra razão para a implantação do novo modelo é o fim da combinação alfanumérica, que não teria novas combinações disponíveis para toda a frota do país, caso a atual fosse mantida nos próximos dois anos.
Além do QR Code, outro item de segurança da nova placa, conforme as informações do Detran, é a marca d´água, que evita a falsificação. Do lado esquerdo, na parte superior, está impresso o logotipo do Mercosul e logo abaixo, o QR Code. A placa possui também o distintivo BR e, no lado direito, a bandeira do país, seguida pela bandeira do estado e pelo brasão da cidade.
– O modelo da placa Mercosul é bem diferente, onde cada item possui uma característica e representação. A primeira mudança que pode se notar é a visual. Ao contrário da placa que existe hoje, na cor cinza, as novas placas terão fundo branco com uma faixa azul na parte superior. A tarjeta da antiga placa passa a ser representada pelo brasão do município e não mais pelo nome da cidade de forma escrita. O novo modelo possui quatro letras e três números. O tamanho continua o mesmo. – informou o Detran.
A categoria dos veículos será indicada pela cor da combinação alfanumérica. Particulares são pretas, comerciais e de aprendizagem na cor vermelha, para oficiai serão azuis, as especiais em verde, diplomático em amarelo e colecionadores na cor prateada.
Ainda de acordo com as informações do departamento a mudança para o novo modelos de placas padrão Mercosul proporciona um maior controle das rotinas de produção e personalização das placas. Tecnologias auxiliam no controle maior deste mercado, que vai desde a fabricação até o consumidor final. A possibilidade de rastrear os processos de produção do início ao fim, que a nova placa propõe, promove o controle de todos os processos e evita assim que ocorram eventuais irregularidades.
Para combater a falsificação e o mercado irregular, o novo modelo possui diversos itens de segurança, como a pintura difrativa dos alfanuméricos, ondas sinusoidais e marcas d’água de segurança, além do Código Bidimensional dinâmico (QR-Code).

Segundo Detran, nova placa vai dar maior segurança aos donos de veículos evitando clonagem


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. Avatar

    Então meus queridos se querem mudança votem 13 e tb no Eduardo Paes e tudo será como era antes…kkk

  2. Avatar

    Saber de onde é um carro com o mesmo em movimento será praticamente impossível. Uma pena!

  3. Avatar

    QUERO SABER QUANDO ELES VÃO CRIAR UMA MELHOR IDENTIFICAÇÃO PARA MOTOS E MOTOQUEIROS POIS NÃO SABEMOS QUEM SÃO! POIS SÃO GRANDES INFLATORES NAS AVENIDAS E ESTRADAS.

  4. Avatar

    Segundo o Departamento, outra razão para a implantação do novo modelo é que o absurdo que nós pagamos de IPVA e multas não tá gerando receita suficiente para sustentar a corja de bandidos engravatados do Brasil. Essa deveria ser parte da matéria.

Untitled Document