sexta-feira, 30 de julho de 2021 - 00:08 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Polícia Civil indicia organizadores de festa ilegal que reuniu mais de 1,5 mil pessoas em Barra do Piraí

Polícia Civil indicia organizadores de festa ilegal que reuniu mais de 1,5 mil pessoas em Barra do Piraí

Matéria publicada em 14 de junho de 2021, 18:40 horas

 


Barra do Piraí  – A Polícia Civil da 88ª DP (Barra do Piraí) indiciou nesse fim de semana, os organizadores de uma festa seguida de show, que foi realizada em uma casa de eventos, na Rua 4, no distrito da Califórnia, em Barra do Piraí. Guardas municipais conseguiram dispersar mais de 1.500 pessoas que estavam no local, provocando aglomeração.

O dono da casa de show não foi localizado, mas, mesmo assim, foi autuado por descumprir a medida sanitária que proíbe aglomerações. Além de ele estar sujeito a multas e sanções criminosas.

Foram levados para a delegacia de Barra do Piraí, o DJ e o produtor do evento,  que responderão também por descumprimento de decreto municipal.

O delegado titular da 88ª DP, Rodolfo Atala, disse que o delito consiste  em infringir determinação do poder público destinada a impedir a introdução ou propagação de  doença contagiosa.

– A pena para esse tipo de crime é de um mês a um ano de detenção, mais multa – disse o delegado.

Já o comandante da Guarda Municipal de Barra do Piraí, Enoch Sacchi de Mello, disse que policiais militares pediram apoio aos guardas, porque o poder de polícia administrativa é da Guarda Municipal.

– Chegamos ao local e constatamos a aglomeração de mais de 1, 5 mil pessoas no evento, desobedecendo à medida municipal, e colocando a vida do outro em rico eminente de contrair a Covid-19 – explicou Mello.

O comandante da GM disse que foi necessário utilizar bombas de efeito moral para dispersar a multidão que estava no local.  Ele explicou que eram  mais de mil  e quinhentas pessoas, a guarnição era pouca, e que foi o meio que utilizaram para se defender,  porque alguns participantes tentaram criar uma situação ruim para a Guarda Municipal e PM.

– Tentaram  nos “peitar”. Por isso, fizemos uso proporcional da força  para não sermos atacados. Ninguém ficou ferido.  Foi lavrado um auto de infração criminal. O dono da casa de eventos não estava, o local lá foi alugado. Foram levados o DJ e o promotor para delegacia, além de comunicar o fato a secretaria municipal de Vigilância Sanitária  – disse Mello.

O comandante da Guarda Municipal de Barra do Piraí solicita que as denúncias sejam feitas, por meio dos telefones (24) 2443-1723 ou (24) 99885-92.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Muito bom esse trabalho dá guarda aqui na Califórnia, mais isso poderia ser feito aqui na rua 2 tbm prq o sítio do Ed tbm faz choopada e sempre tem muitas bagunça na porta de nossas casas

Untitled Document