segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Prefeitura de Volta Redonda consegue liberar verba para pagar ex-trabalhadores da Corpore

Prefeitura de Volta Redonda consegue liberar verba para pagar ex-trabalhadores da Corpore

Matéria publicada em 31 de outubro de 2018, 21:08 horas

 


Alfredo Peixoto diz que empregados da Corpore devem receber nesta quinta

Volta Redonda – Os quase 600 empregados da Corpore, empresa que prestava serviços à Secretaria Municipal de Saúde de Volta Redonda, vão receber os valores referentes aos salários em atraso.

A Prefeitura de volta Redonda conseguiu autorização da Justiça e vai fazer os pagamentos diretamente aos empregados.

Para preservar os funcionários, a Secretaria Muncipal de Saúde, através da Procuradoria Geral do Município, já havia depositado os valores referentes a metade dos salários de agosto e o total de setembro, em juízo, mas a Justiça decidiu devolver o dinheiro ao município, com a condição de que ele seja usado exclusivamente para esse fim.

Para que fosse possível fazer esse pagamento, a empresa ficou responsável por passar os dados dos trabalhadores, o que foi feito essa semana.

A equipe da prefeitura, por sua vez, se reuniu durante horas com representantes de bancos para encontrar a melhor e mais rápida forma de operacionalizar o pagamento sem ter que passar pelas contas da Corpore.

Motivo: o depósito direto nas contas-salário dos empregados era inviável, porque estas têm vínculo com o CNPJ da Corpore e parte do dinheiro poderia ser retido por causa de   bloqueios judiciais contra a empresa.

Com a solução definida, a expectativa é que já nesta quinta feira, dia 31, os trabalhadores já recebam seus salários.  Segundo o Procurador Geral do Municipío Augusto Nogueira, os Arquivos bancários serão entregues ao Banco do Brasil logo na manhã desta quinta feira.

“Por determinação do prefeito Samuca Silva, passamos hoje o dia todo empenhados em resolver essa questão que tanto já penalizou os funcionários. Realizamos uma reunião com as secretarias de Administração, Fazenda e EPD, e ficou definido que os pagamento para os quase 600 ex funcionários da Corpore serão feitos nessa quinta feira, graças também ao empenho do Banco do Brasil a quem agradecemos” finalizou  o Procurador.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

11 comentários

  1. Avatar

    parabéns ao vereador Quinto que comprou a briga dos funcionários da corpore

  2. Avatar

    Cadê os defensores das privatizações? As consequências sempre sobram para a Administração Pública.

    Por ora está resolvido uma pendência. No futuro a coisa poderá se complicar por esses atos INCONSEQUÊNTES. Na primeira notícia envolvendo essa Corpore já alertei aqui que iríamos pagar MUITO CARO. Aqui está só o começo.

    • Avatar

      Desculpe mas vc esra fazendo confusão.
      Por esse motuvi, de nai fiscalizar seus terceirizados, é que vai ter que arcar com esse pagamento.
      Não é favor algum, está na lei e o poder público que não fiscaliza seus contratos estão subsidiariamente responsável pelis calotes que is trabalhadores recebem das empresas contratadas.
      Tem que privatizar sum emoresas que dão prejuizo e forem criadas para servir de cabide de emprego.

  3. Avatar

    E o nosso 13º como fica? Nossos salários que estão sendo pagos no 5º dia útil? Estão fazendo campanha pra Neto voltar?

  4. Avatar

    Que tipo de serviço essa tal Corpore presta?… Espero que seja conservação e limpeza, porque se for atividade-fim, como nas áreas de saúde e educação, isso só mostra que não compensa esse tipo de contrato. Melhor fazer concurso público, além do que estará incorrendo na legalidade… A Cruz Vermelha é um exemplo de a terceirização em atividades-fim costumam ser deletérias para o ente público…

  5. Avatar

    bom dia e a maioria do povo respondeu nas urnas ,meu Deus o povo tem conta a pagar quer governo e esse o ministerio público não ver,tem gente ganhando o dobro dos servidores público o pequeno ganhando pouco .ainda fala que não tem dinheiro que isso meu Deus,que falta de respeito com os funcionários.sr. samuca e secretariados olha um pouco para os humildes .vocês estão de passagem

    • Avatar

      Janaína minha querida, A obrigação do pagamento dos funcionários não é da prefeitura mas, sim da empresa contratante. A responsabilidade da prefeitura nesse caso é subsidiaria, ou seja, ela se obriga a pagar caso a empresa não efetue o pagamento, e isso 100% dos casos ocorre somente através de ordem judicial. Em nenhum lugar do país eu já vi uma prefeitura se oferecer para quitar obrigação de terceirizada. O que a prefeitura esta fazendo jamais foi visto no país.

    • Avatar

      Este dinheiro não é da prefeitura este dinheiro é da corpore Só que invés de pagar a terceirizada que diz que fOI embora a prefeitura vai entregar aos funcionários para não ficarem no prejuízo.
      Por ordem judicial não ta fazendo favor nenhum ta comprido a lei.

    • Avatar

      A prefeitura não esta fazendo nenhum favor favor pagando o que não foi caoaz de fiscalizar. Quem não tem competência não se estabelece.

  6. Avatar

    Enquanto isso os servidores da pmvr vao se lascando horrivel esse governo

Untitled Document