sexta-feira, 18 de setembro de 2020 - 16:34 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Quatro suspeitos de roubo e tráfico de drogas são presos

Quatro suspeitos de roubo e tráfico de drogas são presos

Matéria publicada em 3 de junho de 2015, 15:13 horas

 


Eles levavam os carros roubados em Barra Mansa para Angra dos Reis onde conseguiam as drogas para revenda

quadrilhaBM

Detidos: Lucas, Gustavo, Vinícius, todos de 20 anos, e Cristian, de 19, foram presos perto da Vila Delgado, no Ano Bom (Foto: Felipe Vieira)

Barra Mansa –  O delegado titular de Barra Mansa, Ronaldo Aparecido de Brito, e o comandante do 28º Batalhão da PM, tenente-coronel Luís Cláudio Regis, apresentaram nesta quarta-feira (03) a jornalistas quatro suspeitos de pertencerem a uma quadrilha especializada em roubo de carros e tráfico de drogas. Eles foram detidos numa localidade conhecida como Retorno, perto da Vila Delgado, no bairro Ano Bom.

Segundo o delegado, os integrantes da quadrilha roubavam veículos na cidade e os vendiam em Angra dos Reis. Ronaldo explicou que com o dinheiro da venda dos automóveis, os suspeitos compravam drogas em Angra e revendiam em Barra Mansa.

Foram presos Cristian José da Silva Freitas, o Quiqui, de 19 anos, Vinícius Lohan Resende, de 20, e Gustavo da Silveira, e Lucas Rodrigues da Silva, ambos de 20 anos. Dois comparsas conseguiram escapar do cerco policial, sendo que um deles fugiu numa moto. Os foragidos teriam participado do assassinato de um homem conhecido como “Cabelinho”, ocorrido recentemente, no bairro Ano Bom.

Os agentes apreenderam drogas, material para embalar entorpecente, um revólver calibre 38, balança de precisão, sete celulares e acessórios e chaves de veículos, que, segundo o delegado, foram roubados pelo bando.

Também foram apreendidos um Gol e um Saveiro utilizado para trazer a droga de Angra. O delegado disse que o bando usava até um carro “como se fosse um batedor” quando ia para Angra buscar drogas. Os suspeitos iam em dois carros: um para verificar se havia blitz e outro para transportar as drogas.

Os suspeitos são moradores na Vila Delgado, um dos principais pontos de venda de drogas de Barra Mansa. Eles foram indiciados por tráfico e associação para o tráfico de drogas e por porte de arma de uso restrito porque a arma estava com a numeração raspada.

– Era uma associação voltada para o tráfico de drogas. Porém, para conseguirem recursos financeiros essa quadrilha vinha praticando roubos de veículos na região. Queremos descobrir quem era o receptador dos carros em Angra dos Reis. Com o dinheiro, eles compravam drogas. A Saveiro era usada como carro batedor. Eles desciam ou subiam a Serra D`água com esse veículo para que o motorista pudesse informar qualquer situação de blitz. Já o Gol era usado para o transporte de droga – disse Ronaldo Aparecido.

Carros para o transporte

O delegado informou ainda que a Saveiro e o Gol não eram roubados e pertenciam a dois integrantes da quadrilha. O Gol foi utilizado há pouco tempo por Quiqui e Vinícius para retirar cinco armas (três pistolas e dois revólveres) da Vila Delgado. A polícia ainda não sabe o destino das armas.

– Um dos revólveres foi apreendido na terça-feira. Um dos carros apreendidos era de Quiqui e outro de Vinícius. As investigações duraram 30 dias e, nesse período, os policiais, em campana, observaram que o ponto de encontros dos suspeitos era o local conhecido como Retorno. Lá, eles costumavam se encontrar para combinar pessoalmente algumas transações – disse o delegado, acrescentando que está sendo feita uma investigação paralela para descobrir quais foram os veículos roubados pela quadrilha.

O tentente-coronel Regis disse que qualquer denúncia contra os quatro suspeitos poderá ser feita, anonimamente, pelo Dique-Denúncia da PM (8000-260-667), ou para a Delegacia de Barra Mansa. Ele acredita que os seis roubos de veículos corridos na cidade nos 10 primeiros dias de maio possam ter sido praticado pelos suspeitos.

– Ressalto esse trabalho cooperativo entre as policias Militar e Civil, que realizou mais uma operação de sucesso para trazer segurança a Barra Mansa – disse Regis, acrescentando que a prisão dos suspeitos deve reduzir os roubos e furtos de carro na cidade.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

6 comentários

  1. Avatar

    Manda eles vim akki na v.a vista alegreno bar do carlao bar do pinguinha pra vcs ver eles veiam prenderam e soltaram q policias são esses

  2. Avatar

    Policia, prende não ! Some com eles, joga em buraco na estrada de Angra, na serra ! Menos 4 para juntar de novo !

    • Avatar
      Verdade seja dita

      A polícia como sempre esta fazendo seu papel… Os próximos serao os promotores,defensores e juiz… Só que os legisladores não tem nenhum interesse de mudar as leis que em alguns casos é por auto reserva. Se não existissem tantas brechas na atual legislação, não teriam tantos advogados especializados em encontra-las.

    • Avatar

      Cala sua boca José, eles erraram sim mas são gente vai cuidar da sua vida ate parece q n tem ngm da sua família q rouba ou mata , agredi , usa droga etc etc etc,…. Vc estar sendo pior do q esses jovens e esses policiais pq policial n foi feito pr matar n porra

  3. Avatar

    Se fosse em um determinado pais os quatro seriam fuzilados, esses dai daqui a pouco estão fazendo tudo novamente.

  4. Avatar

    Manda os policiais da uma passadinha aqui na entrada do Nove de Abril perto desses bares na rua do colégio Nove de Abril a noite vão pegar um monte de traficantizinho! E cheiradores….

Untitled Document