sexta-feira, 14 de agosto de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Secretaria de Educação anuncia protocolo de retomada das aulas na rede pública estadual

Secretaria de Educação anuncia protocolo de retomada das aulas na rede pública estadual

Matéria publicada em 7 de julho de 2020, 18:53 horas

 


Atividades nas escolas só voltarão ao regime presencial o estado estiver na bandeira verde

Rio –  A Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) anunciou, nesta terça-feira (07/07), o protocolo de retomada das aulas na rede pública estadual. As atividades nas escolas só voltarão ao regime presencial quando a Secretaria de Saúde divulgar a bandeira verde no estado, indicando as condições mínimas de segurança para o retorno.

Depois disso, a Seeduc terá 15 dias para fazer as testagens e treinamento dos profissionais, além da higienização e organização dos espaços em todas as escolas estaduais. Por orientação do governador Wilson Witzel, a área da Educação será o setor mais cuidadoso no retorno às atividades.

O protocolo foi definido por um comitê constituído por especialistas da Seeduc, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), associação de diretores, especialistas em Educação, representantes de escolas particulares e pela Secretaria de Saúde.

O documento estabelece os seguintes procedimentos na volta às aulas:

– O uso de máscara será obrigatório para todos os alunos, professores e funcionários. Cada instituição decidirá como será a operacionalização;

– A princípio, retornarão os estudantes que estão concluindo os estudos, ou seja, da 3ª série do Ensino Médio; 5º e 9º anos do Ensino Fundamental e o último módulo da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Em escolas híbridas ou de alternância, os estudantes e servidores e não retornarão ao mesmo tempo;

– Quanto à testagem dos profissionais da Educação, a Seeduc está avaliando a viabilização junto à Secretaria de Saúde. Os testes serão realizados no período de 15 dias após o anúncio da bandeira verde;

– Todas as escolas precisarão ter termômetro à disposição;

– Distanciamento entre os alunos de um metro nas salas de aula e em todas as dependências da escola, seguindo orientação da Organização Mundial de Saúde (OMS). Como cada colégio tem uma realidade diferente de espaço e número de estudantes, esta medida será adaptada a cada unidade de ensino;

– Os colégios terão autonomia pedagógica para elaborarem um planejamento de retorno próprio, definido em parceria com a comunidade escolar e que deve ser validado pelas Diretorias Regionais da Seeduc instaladas pelo estado do Rio de Janeiro;

– Cada escola desenvolverá trabalho de apoio à questão socioemocional dos alunos. Além disso, se algum estudante ou profissional for testado positivo, um comitê com especialistas das áreas de Saúde e da Educação avaliará o que deve ser feito em relação ao isolamento em cada caso.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar

    Tenho um filho no 5 ano ou seja antiga 4 série.

    São crianças de 9 e 10 anos , ou seja não vou respeitar protocolo nenhum.

    Isso é fato!

    Estarão trocando material, se abraçando bebendo na mesma garrafinha e tirando a máscara.

    Acho loucura voltar com aula no auge da pandemia , se no início que não tinha casos ficaram em casa.

    Sem sentido!

    • Avatar

      Pode ter certeza disso ,a realidade nas escolas públicas não vai permitir que se tenha o cuidado . E criança não vão seguir essas normas .,se o adulto já não segue. 15 dias para arrumar tudo para a volta ?impossível ! Meu filho só voltará à escola ano que vem se tiver seguro.

    • Avatar

      Concordo plenamente com os comentários acima,tenho 2 filhos,e se os adultos não são consciente como deixar meu filho sozinho na escola, pode ser contra lei,mas prefiro que meu filho perca esse ano do que perca a vida,meus filhos só voltarão ano que vem as aulas,ainda que as aulas voltem eu sei o que é melhor pra eles, e a vida deles valê mto mais, até pq os políticos não conseguem de idiomas nada que resolva para o país e de resuntado. ..aulas só ano que vem,esse ano pra mim já acabou o ano escolar

Untitled Document