quinta-feira, 6 de agosto de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Secretaria de Estado de Saúde diz que já liberou R$ 2,9 milhões para Hospital Regional

Secretaria de Estado de Saúde diz que já liberou R$ 2,9 milhões para Hospital Regional

Matéria publicada em 6 de julho de 2020, 16:09 horas

 


Secretaria promete pagar mais R$ 19,5 milhões ainda essa semana

Sul Fluminense – Por determinação do secretário Alex Bousquet, a secretaria de Estado de Saúde autorizou o repasse de R$ 126,5 milhões para hospitais e UPAs do Estado administradas por organizações sociais. O dinheiro, diz a pasta, já está sendo liberado e estará na conta das OSs entre quarta e quinta desta semana.Em relação ao Hospital Regional Zilda Arns, o pagamento de uma parcela em atraso, no valor de R$ 2.952.343,38, foi autorizado semana passada, e a verba será depositada nesta terça-feira, entrando conta da OS Apmim até sexta-feira, em virtude dos trâmites bancários normais. Outros parcelas devidas, no valor total de R$ 19,5 milhões, estão em fase final de aprovação e serão liberadas nos próximos dias, para pagamento até a semana que vem.

“Como afirmado anteriormente, a SES garante que o Zilda Arns continuará atendendo os pacientes de Covid-19, e que os atrasos decorrentes da revisão dos contratos estão sendo equacionados”, completa a nota. Depois da autorização do secretário, há mais alguns trâmites burocráticos e o depósito leva 72 horas para ser creditado. Com isso, a verba restante só deve entrar na próxima semana.

Além desses valores, também foram autorizados os repasses de R$ 6,4 milhões para o Hospital Universitário Pedro Ernesto, da Uerj; R$ 15,8 milhões para pagamento de pessoal da Fundação de Saúde do estado; e R$ 440 mil para Instituto Vital Brasil.

“Os pagamentos estão sendo autorizados somente após auditoria interna da SES atestar a regularidade de contratos e prestações de contas apresentadas pelas organizações sociais. Contratos nos quais forem constatadas irregularidades não serão pagos até que os problemas tenham sido corrigidos”, informou a SES em nota enviada aos jornais.

A SES garantiu que está liberando os seguintes valores para o Hospital Regional: “R$ 22,4 milhões para o Zilda Arns (Apmim) – Desses, R$ 2,9 já foram liberados e quase R$ 20 milhões serão liberados ainda esta semana”, prometeu a pasta.

Valores liberados para hospitais e UPAS geridos pelas organizações sociais

– R$ 12,7 milhões para o Azevedo Lima (Instituto Sócrates Guanaes)

– R$ 20,4 milhões para o complexo que inclui Hospital Alberto Torres, Hospital João Batista Cáffaro e UPA São Gonçalo 1 (Instituto Lagos Rio)

– R$ 3,6 milhões para a UTI e clínica médica do Hospital Carlos Chagas (Instituto Lagos Rio)

– R$ 16,7 milhões para o Getúlio Vargas e a UPA Penha (Complexo Penha, do Instituto Solidário)

– R$ 4,5 milhões para o Hospital da Mãe (Instituto Gnosis)

– R$ 22,4 milhões para o Zilda Arns (Apmim) – Desses, R$ 2,9 já foram liberados e quase R$ 20 milhões serão liberados ainda esta semana

– R$ 8,2 milhões para o Complexo Lagos (Hospital dos Lagos e o Hospital Roberto Chabo, administrador pela Cruz Vermelha Brasileira)

– R$ 1,6 milhão para a UPA Bangu (Mahatma Ghandi)

– R$ 1,4 milhão para a UPA Botafogo (Viva Rio)

– R$ 2,9 milhões para as UPAs Campo Grande I e II (Associação Filantrópica Nova Esperança- AFNE)

–  R$ 1,0 milhão para a UPA Campos dos Goytacazes (Instituto Lagos Rio)

– R$ 1,4 milhão para a Copacabana (Viva Rio)

– R$ 3 milhões para as UPAs Duque de Caxias I e II (Instituto Diva Alves do Brasil)

– R$ 1,4 milhão para a UPA Engenho Novo (Vivo Rio)

– R$ 1 milhão para a UPA Ilha do Governador (Vivo Rio)

– R$ 1,3 milhão para a UPA Irajá (Vivo Rio)

– R$ 1,4 milhão para a UPA Itaboraí (AFNE)

– R$ 1,5 milhão para a UPA Jacarepaguá (Vivo Rio)

– R$ 1,3 milhão para a UPA Magé (Instituto Diva Alves do Brasil)

– R$ 1,3 milhão para a UPA Maré (Viva Rio)

– R$ 1,4 milhão para a UPA Marechal Hermes (Mahatma Gandhi)

– R$ 1,1 milhão para a UPA Mesquita (Mahatma Gandhi)

– R$ 1,2 milhão para a UPA Niterói (AFNE)

– R$ 1,1 milhão para a UPA Nova Iguaçu I (Lagos Rio)

– R$ 1,1 milhão para a UPA Nova Iguaçu II (Mahatma Gandhi)

– R$ 1,1 milhão para a UPA Queimados (Instituto Diva Alves do Brasil)

– R$ 1,4 milhão para a UPA Realengo (Mahatma Gandhi)

– R$ 1,4 milhão para a UPA Ricardo de Albuquerque (Mahatma Gandhi)

– R$ 1,2 milhão para a UPA Santa Cruz (AFNE)

– R$ 1,3 milhão para a UPA São Gonçalo II (AFNE)

– R$ 2,9 milhões para a UPA SEAP (AFNE)

– R$ 1,3 milhão para a UPA Tijuca (Viva Rio)

Outros contratos continuam sendo revisados pela SES e, se estiverem regulares, mais pagamentos serão liberados nos próximos dias.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Avatar

    Muito, mas muito dinheiro!
    Serviços à população nada!
    Devem ter muitos parasitas rindo agora!

  2. Avatar

    Se é que liberaram mesmo….. o fizeram para calar a boca das pessoas e mostra, OLHA… MAS NÓS JA LIBERAMOS, e a população achar que esses menos de 10% do valor devido paga os funcionarios, Fornecedores, Infra estrutura, Despesa, entre outros.
    CONTINUA A MESMA COISA. POLITICA…. OOOO Cancer.

Untitled Document