>
sexta-feira, 24 de junho de 2022 - 19:45 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Secretaria de Saúde de Volta Redonda segue monitorando situação da Covid-19

Secretaria de Saúde de Volta Redonda segue monitorando situação da Covid-19

Matéria publicada em 18 de maio de 2022, 08:51 horas

 


Volta Redonda – A Prefeitura de Volta Redonda, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), segue monitorando a situação da Covid-19. Nas análises dos testes realizados na rede pública municipal, a Vigilância em Saúde detectou nos últimos 15 dias um aumento no número de casos confirmados da doença.

De acordo com a Vigilância em Saúde, o número de casos confirmados passou de 63 para 119 – na semana epidemiológica de 9/5/2022 a 14/5/2022. O médico sanitarista da SMS, Carlos Vasconcellos, cita que apesar das novas confirmações nessa semana, a ocupação de leitos na rede hospitalar segue estável, assim como o número de óbitos.

Vasconcellos ressalta ainda que a mudança climática – queda na temperatura – impacta na transmissão de síndromes respiratórias, por isso, a população deve redobrar os cuidados nesse período mais frio.

“Apesar de esse aumento não se refletir, até o momento, em aumento de ocupação de leitos hospitalares ou óbitos, a situação se caracteriza como um incremento da circulação viral, o que era esperado em se considerando a redução de temperaturas e a sazonalidade, que favorece a ocorrência de doenças de transmissão respiratória em meses mais frios”, detalha o médico sanitarista, acrescentando que pessoas com sintomas gripais devem usar máscara em ambientes fechados, mesmo com a liberação do item no município.

Os testes para Covid-19 estão disponíveis em todas as 46 unidades básicas de saúde (UBSs e UBSFs) e podem ser feitos das 8h às 16h. Unidades em funcionamento até as 18h30: 249, Siderlândia, Jardim Paraíba, São Geraldo, Vila Rica/Tiradentes, Açude I, Vila Mury, Santa Cruz, Santo Agostinho e Volta Grande.

“Pessoas que apresentem sintomas gripais leves devem usar máscara, principalmente em ambientes fechados. Além disso, é recomendável que esses moradores façam o teste para Covid-19 e completem o esquema vacinal contra a doença, com as duas doses da vacina mais o reforço”, disse Carlos.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. E o povo tudo sem máscara!

  2. Pessoas que apresentem sintomas gripais leves devem usar máscara, principalmente em ambientes fechados.

    Pena que nas escolas os pais estão enviando seus filhos com sintomas gripais e sem máscara.

    Pena que tenham cortado o online para as crianças com sintomas gripais, inclusive no particular.

    Para não ter que ficar 1 semana em casa e sem aula os pais mandam para a escola, a escola finge que não vê, deveriam exigir máscaras em ambiente escolar fechado.

  3. Cidadao Consciente

    Não era hora de a gente se arrepender de ter retirado a obrigação do uso de máscaras? A conta do carnaval sem máscara vai chegar. Mas ano de eleição é assim mesmo, né? Depois quem sobreviver é que paga o boleto.

Untitled Document