>
terça-feira, 28 de junho de 2022 - 13:56 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / STMU revitaliza sinalização viária vertical de Volta Redonda

STMU revitaliza sinalização viária vertical de Volta Redonda

Matéria publicada em 14 de maio de 2022, 15:50 horas

 


Objetivo é recuperar placas, melhorando a orientação a motoristas e pedestres, aumentando a segurança no trânsito

Fotos: Divulgação/ PMVR
Placas recebem película refletiva e aparecem mesmo sem iluminação

Volta Redonda – A Secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana (STMU) está promovendo a revitalização da sinalização viária vertical de Volta Redonda. O objetivo é recuperar placas, melhorando a orientação a motoristas e pedestres, aumentando a segurança no trânsito. O último local a receber o serviço foi a Avenida Nossa Senhora da Conceição (antiga Rua 4), no Conforto.

O secretário municipal de Transporte e Mobilidade Urbana, Paulo Barenco, explicou que o serviço é contínuo, e promovido na própria oficina da Pasta.

“Este trabalho de revitalização das placas e da sinalização vertical é feita de forma contínua. A vantagem é que este serviço envolve recursos e mão de obra da própria prefeitura, ou seja, há uma economia. Sem contar que este material é caro. Eles são feitos com uma película refletiva que fica iluminada mesmo com a falta de luz. No entanto, essas placas têm vida útil em torno de sete anos, e queimam com a exposição ao tempo e a luz solar”, explicou Barenco.

As placas revitalizadas são aquelas que indicam travessia de pedestres, proibido estacionar, limite de velocidade, sentidos de trânsito e ‘pare’.

A Secretaria também vem reforçando a sinalização horizontal, incluindo pintura e revitalização de linhas de bordo, divisão de pista, faixas de segurança e de pedestres.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Enquanto isso a sinalização da Rodovia do Contorno continua medíocre possibilitando acidentes terríveis.

  2. Mas a sinalização do trecho da Rodivia do Contorno permanece medíocre.

Untitled Document