sábado, 17 de novembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Xadrez ganha espaço nas escolas de Barra Mansa

Xadrez ganha espaço nas escolas de Barra Mansa

Matéria publicada em 20 de outubro de 2018, 08:17 horas

 


Projeto que começou pelas mãos de um professor hoje alcança 2,5 mil alunos da rede municipal

Alunos desfrutam de projeto que teve início com empenho de professor solitário


Barra Mansa – 
A rede municipal de ensino de Barra Mansa tem atualmente 25 escolas dentro de um programa que ensina Xadrez aos alunos. Com isso, 2,5 mil alunos recebem aulas específicas sobre o jogo de tabuleiro, que é uma modalidade esportiva vista por muitos como uma “ciência” ou mesmo uma “arte”.

De acordo com o subsecretário de Educação, Ricardo Rosas, este ano o projeto contou com a participação de nove professores atuando em 25 colégios da SME(Secretaria Municipal de Educação), sendo 20 com treinamento no contra turno e nas cinco escolas com ensino em período integral. De acordo com ele, o projeto teve início anos antes no Colégio Municipal Paulo Basílio de Oliveira, pelas mãos – e mente – do professor de educação física Nilson Abrantes.

Apaixonado pelo esporte, ele teve de usar a criatividade para dar início às aulas de Xadrez na unidade piloto. Os ensinamentos começavam ainda na construção das peças, feitas a partir de garrafas PET ou canos de PVC. As regras eram escritas em folhas comuns de papel A4, onde também eram desenhadas as peças que seriam coladas nas tampinhas das garrafas e no PVC.

Segundo o subsecretário, percebendo o potencial das crianças e o esforço do professor, a diretoria da unidade resolveu iniciar algumas aulas específicas para todos os alunos interessados. O projeto ganhava corpo com a compra de dez tabuleiros de madeira.

Com a inclusão do xadrez nos jogos estudantis, a equipe do colégio pioneiro se tornou campeã e o desempenho dos alunos mesmo em sala de aula impulsionou a expansão com a inclusão de quatro aulas próprias da modalidade esportiva nas escolas. “Com isso, foram adquiridos vários kits formados de dez tabuleiros oficiais, cinco relógios oficiais e um painel para aulas. O projeto foi difundido para mais escolas, ampliando o atendimento a mais de 200 alunos em uma fase inicial – destacou Rosas.

O subsecretário afirmou que o principal objetivo é desenvolver nos alunos qualidades que tragam benefícios ao ensino, principalmente pela dimensão lúdica no processo ensino-aprendizagem.

– Através do projeto, é proposta uma ideia de educação através do contato com o uso de jogos, em uma mudança a uma disciplina rígida e exclusiva do uso excessivo da memória, desenvolvendo em nossas escolas o Projeto de Xadrez Escolar – ressalta.

Segundo Ricardo Rosas, os alunos do projeto já participaram de cinco campeonatos brasileiros, com dois atletas com 5º lugar.

– Nosso maior feito foi conseguir levar nove alunos da Rede Municipal no Campeonato Mundial Escolar, realizado em Juiz de Fora em 2014, com participação de 27 países. Todos os nossos atletas tiveram o objetivo alcançado, que era de ter 30% dos pontos disputados. O mínimo foi de 45%. Mas não ficamos só nas competições externas. Em Barra Mansa, realizamos três campeonatos regionais e dois campeonatos estaduais, com a participação de cinco campeões brasileiros em 2013 – destaca.

Atualmente, a equipe de professores do projeto de Xadrez tem três árbitros nacionais: William Wancler de Vasconcelos, Renato Oliveira dos Santos e Nilson de Almeida Abrantes (que foi árbitro do mundial de 2014 em Juiz de Fora).


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Precisa dar um xeque mate na situação das obras no colégio Washington Luiz

  2. Parabéns pela iniciativa.
    Agora colhe os frutos dessa dedicação, junto dos alunos.

  3. Pagador de impostos

    Parabéns ao professor Nilson, pela iniciativa e continuidade do trabalho. Sei o quanto foi e ainda é difícil iniciar e manter vivo esse projeto. Parabéns !

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document