quarta-feira, 27 de outubro de 2021 - 22:34 h

TEMPO REAL

 

Capa / Retrospectiva 2016 / Ano da CSN tem acidentes e prejuízos

Ano da CSN tem acidentes e prejuízos

Matéria publicada em 30 de dezembro de 2016, 21:10 horas

 


Contrapondo às más notícias foi retomada da operação do Alto-Forno 2, que aponta para recuperação na economia

 

Dificuldade: Incêndio na linha de zincagem causou quatro mortes

Dificuldade: Incêndio na linha de zincagem causou quatro mortes

Volta Redonda – Para a maior empresa do Sul Fluminense, 2016 foi um ano difícil, que teve acidentes de trabalho e prejuízos. O mais grave dos acidentes foi o incêndio em uma das linhas de zincagem da empresa em abril, e a linha do resultado, em todos os balanços trimestrais, apresentou resultados negativos, que acumulam quase R$ 1 bilhão de perdas em três trimestres. O contraponto foi a retomada da operação do Alto-Forno 2. O equipamento foi desligado em janeiro e voltou a operar em outubro, sinalizando expectativas positivas para a economia.

Incêndio na CSN provoca a morte de quatro trabalhadores

Um incêndio ocorrido por volta das 22h30min de 26 de março, na linha de zincagem I da CSN, causou a morte de quatro operários: Wanderlei dos Santos, de 37 anos,  Dênis da Silva, de 38 anos, Aluênio Francisco Alves, de 32 anos,  e Renan Martins de Castro, de 29 anos. Nenhum deles morreu no momento do acidente. Todos foram transferidos para um hospital especializado em tratamento de queimados na Zona Oeste do Rio.
Wanderlei dos Santos morreu em 13 de abril, Renan Castro, em 4 de maio, Dênis da Siva, em 6 de maio e Aluênio Alves, no dia 25 de maio.

Empresa tem ano de prejuízos até o terceiro trimestre

Além dos acidentes de trabalho, a CSN teve um ano difícil nos resultados financeiros: o primeiro trimestre registrou prejuízo de R$ 831 milhões, o segundo, de R$ 34 milhões e o terceiro, de R$ 100 milhões. O resultado do último trimestre só será conhecido junto com o balanço anual da empresa, que deve ser divulgado em abril de 2017.

AF-2 volta a funcionar em outubro

A perspectiva de uma melhora na economia e nos resultados da CSN vem do fato de a empresa ter reativado o Alto-Forno 2 em outubro. O equipamento voltou a operar após um período de 10 meses com a produção interrompida. A empresa contratou, na época 250 novos trabalhadores, e a previsão era que até dezembro esse número chegasse a 450.
Durante o período que ficou parado, o Alto-Forno 2 passou por uma reforma geral que durou cerca de 90 dias e gerou cerca de mil empregos diretos durante a obra. A última reforma geral do equipamento havia sido feita em 2009. O Alto-Forno 2 é responsável por aproximadamente 30% da capacidade de produção de ferro gusa da siderúrgica. O outro alto-forno, o de número 3, tem capacidade nominal de produção diária de 9,2 mil toneladas de ferro-gusa.

Expectativa: Reativação do Alto-Forno 2 sinaliza esperança de recuperação da economia

Expectativa: Reativação do Alto-Forno 2 sinaliza esperança de recuperação da economia


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

29 comentários

  1. A poluição só está aumentando, não era para diminuir com a tecnologia e os filtros atuais.
    Algo está errado.

    • SOCORRO!!!
      A poluição está demais, precisa trocar os filtros com urgência moro no Vila Rica onde a poluição não chegava com intensidade, agora parece que moro no Conforto, aquele pó preto todo dia em grande quantidade, imagine então quem mora no conforto.
      Trocar filtros por favor!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Acho a declaração do alérgico muito forçada, Vila Rica igual ao conforto? menos meu amigo, acorda!
      Diversas empresas fechando as portas, um período difícil para todos, e pessoas negativas e morimbudas que aparecem no jornal com críticas vazias.

  2. Agora eles vem com os homens de branco na portaria da upv ao som de uma mensagem de segurança até válida,incentivando as pessoas.Mas estes também estão no mesmo barco com aquele sorriso vazio esperando por um contracheque mais justo pra realmente trabalharem motivados e transmitir uma real motivação aos seus companheiros.”O EMPREGADO MOTIVADO É A CHAVE DO SUCESSO”essa era uma das crenças da CSN.

    • Contracheque mais ou menos justo não é motivo para qualquer um falar mal de uma campanha sobre segurança do trabalhador, esse tipo de comentário é totalmente sem proposito, mesmo que não ganha nada tem que estar atento e agir com segurança, a motivação é continuar vivo e bem

    • Tem pessoas que não tem jeito mesmo, vai reclamar de tudo!
      Reclama que segurança é só no papel, que querem é produção! Quando começa um trabalho visando a melhoria na segurança, com empresa externa para não maquiar resultar e ajudar a obter a excelência, as pessoas agora reclamam que tá dificil trabalhar, muita cobrança, não pode fazer nada…

  3. CSN é uma Samarco com pizza frita.

  4. Carlos Henrique Magalhães Costa

    Acidente na Vale. Acidentes na CSN. Prejuízos acumulados e cai por terra o mito de que somente empresa estatal é que dá prejuízos. Nos anos 70 e 80, a CSN deu prejuízos pois foi obrigada a fornecer aço a preços baixos para as montadoras automotivas fabricarem e lucrarem com seus carros no país. Lembrando que a Vale dava lucro quando era estatal e a Petrobrás, em que pese todo o propinoduto ( que deve ser erradicado) também era lucrativa. A respeito da Petrobrás, acredito que seria possível o saneamento da empresa sem destruição de sua imagem. Mas sabemos que outros grandes interesses inclusive na mudança do marco regulatório do pré-sal entram em jogo.

    • Carlos,
      Independente do que acreditamos, a privatização gerou lucros, a CSN cresceu e expandiu, contratou muita gente inclusive fora de VR, a Vale se tornou uma das maiores multi do mundo e a Petrobras estatal, bem,,,, somente não fechou pq o seu, o meu, o nosso segurou …o estado tem que atuar em saúde, educação e infraestrutura, todo o mais vira politicagem e o bem publico vira moeda de troca e oportunidade de mal feito.

    • Carlos,
      “A CSN contratou muita gente…” Leia um pouco antes de escrever. A CSN tinha muito mais funcionários (com remunerações melhores e mais benefícios) antes de privatizar, agora a empresa explora o peão ao máximo e paga o mínimo. Todo e qualquer lucro vai pro bolso do Benjamin e investidores enquanto o funcionário não consegue aumento nem pra repor a inflação. Infelizmente vivemos num país com um dos governos mais corruptos do mundo e com leis coniventes. A Vale está mal das pernas igual Petrobras e pra piorar está fazendo lobby pra amenizar do CRIME feito em Mariana.

    • O governo não colocou nenhum centavo na Petrobras durante esta fase dificílima que atravessa a empresa.

  5. Velho sucatão de fazer viúva…

  6. DV, arrumar Contraponto, para Contrapondo !

  7. TODOS QUE TRABALHAM LÁ DENTRO SABEM DA REALIDADE ATÉ MESMO A DIRETORIA MAS,ALGUÉM GOSTA DE OUVIR E ACEITAR A VERDADE?????É MELHOR FINGIR QUE OVO FRITO É FILÉ MIGNON KKKKKKKK

  8. UMA EMPRESA QUE PAGA RENDIMENTOS PRÓXIMO AO MÍNIMO NACIONAL,NÃO TEM PROCESSO SELETIVO EM SUAS CONTRATAÇÕES JUSTAMENTE PRA NÃO ONERAR A FOLHA DE PAGAMENTO E NÃO INVESTE UM CENTAVO EM MANUTENÇÃO O QUE SE PODE ESPERAR EM TERMOS DE ACIDENTES?

  9. delirou geral! Deve ser mais um pau mandado da empresa Escondendo a realidade!
    A tal riqueza que favorece o Brasil deve estar em Nova York ou em em São Paulo.
    Em VR ficaram os iluminados e os vagabundos aposentados como disse o sociólogo!

    • Amigo,
      O muro de Berlim já caiu, o aqui no Brasil os PeTralhas e cumpanheiros levaram os tijolos para a casa deles. É preciso subir o nível do comentário

  10. A CSN e a maior empresa do Sul Fluminense, maior pagadora de impostos, maior empregadora é geradora de renda, e existem iluminados que perdem tempo e aparecem aqui para falar bobagem, o Brasil, o RJ e VRedonda precisam de uma CSN forte, guardem suas bobagens e lamentações para o travesseiro

    • Ao contrario do passado,o funcionário da csn hoje mal ganha pra comer e tem que morar em barracos na favela e ainda fazem reuniões pra convencer a peãozada que a empresa é a cereja do bolo.

    • Caro Olho Vivo,
      Conheço uma infinidade de pessoas que trabalham na CSN, NENHUM mora em favela, precisamos argumentar com coisas mais solidas e pensar grande , no desenvolvimento da cidade e das pessoas. Se hoje muitas estão morando mal em VRedonda, e estão desempregadas, é graças a incompetência dos PeTralhas e seus companheiros de chapa, não da CSN que pelas noticias vinculadas em toda a mídia voltou com a operação do AF2, evitando assim demissões e possibilitando contratações

  11. A CSN é uma grande empresa, pena que o apadrinhamento tem colocado pessoas erradas em posições importantes de uma grande empresa.
    Atualmente a competência tem sido substituída por afilhamento.
    Nesta empresa existem excelente profissionais que tive a honra de trabalhar, porém que continuam estagnados por um único motivo, não são puxa sacos ou não são parentes de diretor ou gerente geral.

    • INFELIZMENTE ESSA É A REALIDADE DA CSN DE HOJE EM QUE MUITOS INSISTEM EM SE ILUDIR EM NÃO ACEITAR QUE,TRANSFORMARAM UM ORGULHO NACIONAL EM UM GATINHO SAFADO.

  12. Moro no Belvedere há mais de 15 anos.
    Desde que mudei cada ano chega mais pó preto dá CSN.
    Esses filtros não estão funcionando direito mais não.

    • Liga para a Linha verde da empresa a mesma respeita muito teus funcionários e a população

    • Carlos Henrique Magalhães Costa

      Não adianta ligar para linha verde nenhuma. Os caras não estão preocupados com a poluição. Eu resido no Jardim San Remo e nos últimos 5 anos, aumentou a quantidade de pó no meu quintal, pó que aliás que não existia e notifiquei o próprio Márcio Lins que disse desconhecer o problema. Nenhuma medida foi tomada. Qualquer um pode perceber a deterioração da qualidade do ar em nossa cidade.

    • Cada dia fica mais poluído aonde a poluição não chegava está chegando e muito.
      Com todas as tecnologias era para diminuir a poluição.
      Não entendo.
      Só sei que tive leucopenia 2 vezes sem trabalhar na usina devido a poluição.

Untitled Document