quinta-feira, 9 de abril de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Saúde / Estado recebe mais de três mil ligações em apenas 24h sobre dúvidas de contaminação do coronavírus

Estado recebe mais de três mil ligações em apenas 24h sobre dúvidas de contaminação do coronavírus

Matéria publicada em 25 de março de 2020, 10:54 horas

 


Ligações são diversas e visam evitar que população saía de casa (crédito SES/RJ)

Rio de Janeiro – O Sistema de Teleatendimento do Estado para Orientações sobre Coronavírus recebeu 3.365 ligações apenas nas primeiras 24h de funcionamento. O serviço estadual opera gratuitamente pelo número 160 com o objetivo de evitar que pacientes sem sinais de contaminação ou sem sintomas graves saiam de casa sem necessidade, se expondo ao vírus, e superlotem as unidades de saúde.
Entre as perguntas mais frequentes, os sintomas, orientação sobre medicamentos e meios de prevenção da Covid-19 lideram a lista. As ligações tiveram uma duração média de 5 minutos por atendimento. Segundo o secretário de Estado de Saúde, Edmar Santos, o serviço será importante também para combater as fake news.”Lançamos mais esse canal oficial para levar informação segura e correta à população diante dessa doença nova. Estamos disponíveis 24h por dia para que não haja dúvidas sobre como se prevenir e onde e quando buscar atendimento de emergência. Será mais uma força para reduzirmos o número de casos e evitarmos a superlotação das unidades de saúde”, explica.

Apesar da marca alcançada, a expectativa é que central telefônica estadual triplique o número de ligações ainda esta semana, chegando a 10 mil por dia. A capacidade total será de 30 mil atendimentos diários. O serviço atua com 50 postos de trabalho, podendo chegar a cem e ampliando para a abertura de mais 54 postos em outras localidades.

Iniciativa da SES, a central conta com a parceria do Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado (Proderj), da Polícia Militar e do Hospital Universitário Pedro Ernesto (HUPE).


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document