domingo, 31 de maio de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Saúde / Mosquito da dengue pode transmitir quatro sorotipos diferentes da doença

Mosquito da dengue pode transmitir quatro sorotipos diferentes da doença

Matéria publicada em 9 de abril de 2020, 10:18 horas

 


Combater a dengue ainda não pode ficar em segundo plano no Brasil-Arquivo

Brasília – A dengue, transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, apresenta quatro tipos diferentes, os chamados sorotipos 1, 2, 3 e 4. Isso significa que cada pessoa pode contrair a doença até quatro vezes. O paciente cria imunidade permanente em cada tipo de infecção. 

É preciso ter cuidado, pois em alguns casos a dengue pode matar. O médico sanitarista da Fiocruz Claudio Maierovitch explica que o agravamento acontece pelas complicações ou hemorragias que a pessoa desenvolve cada vez que adoece. 

“O vírus que causa dengue tem quatro tipos diferentes. Nós chamamos de sorotipos porque o que diferencia um do outro é o tipo de anticorpo que o organismo humano produz para cada um deles, que é diferente. Mas o vírus tem o mesmo comportamento. Como a reação é específica para cada um dos sorotipos, as pessoas podem ter a infecção por um tipo de vírus mesmo já tendo tido por um dos outros. Uma pessoa que já teve dengue uma vez por um sorotipo, quando tem uma segunda vez, tem um risco maior de desenvolver uma forma mais grave da doença.”

Entre os sintomas da dengue, que pode se manifestar em adultos e crianças, estão febre alta acompanhada de dor de cabeça, dor atrás dos olhos, no corpo e mal-estar intenso. A melhor forma de combater o mosquito é a prevenção. Para isso, elimine a água armazenada dentro de casa e nos quintais. Ralos, vasos de plantas, galões de água, pneus, garrafas plásticas, piscinas sem uso e sem manutenção e até mesmo recipientes pequenos como tampas de garrafa podem virar criadouros do mosquito.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document