;
sexta-feira, 27 de novembro de 2020 - 17:24 h

TEMPO REAL

 

Capa / Saúde / Novas medidas restritivas contra a propagação da Covid-19 são publicadas pelo governo do Estado

Novas medidas restritivas contra a propagação da Covid-19 são publicadas pelo governo do Estado

Matéria publicada em 11 de setembro de 2020, 13:26 horas

 


Rio- Preocupado num possível aumento dos casos de coronavírus no Estado, o governador em exercício Cláudio Castro publicou no Diário Oficial desta sexta-feira, 11, um decreto determinando novas medidas restritivas de prevenção e enfrentamento à propagação da Covid-19 no estado.

Todas as ações foram alinhadas com a Prefeitura do Rio de Janeiro.

O novo decreto altera o funcionamento de bares e restaurantes, que podem continuar atendendo ao público com 50% da sua capacidade de lotação, até 1h, mas com a proibição do consumo de bebidas alcoólicas em ambiente externo depois das 21h. Música ao vivo e sistema self-service seguem suspensos.

Pelas próximas semanas, também não será permitido, aos sábados, domingos e feriados, o estacionamento de veículos particulares na orla do Rio de Janeiro, no trecho entre as praias do Leme ao Pontal.

Só poderão estacionar os proprietários de carros que morem na região.

O decreto também autoriza o retorno das atividades desenvolvidas pela Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae), como obras de manutenção e expansão da infraestrutura de saneamento básico.

Continuam mantidos, até o dia 20 de setembro, os demais dispositivos e restrições do Decreto nº 47.250, de 4 de setembro de 2020.

Mas para quem não está mais suportando usar máscaras, é bom ir se conformando, pois pelo decreto continua obrigatório o uso de máscaras de proteção respiratória em espaços públicos, transportes públicos, estabelecimentos comerciais e repartições públicas estaduais.

Está mantida ainda a recomendação às prefeituras fluminenses de reabertura gradual de setores do comércio e da indústria, de acordo com as especificidades de cada cidade, em horários específicos para evitar aglomerações.

Lembrando que  cada municípios têm autonomia para manter suas determinações e regras.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document