SES distribui mais 325.620 doses de vacina contra Covid-19 aos 92 municípios do estado neste sábado - Diário do Vale
domingo, 26 de setembro de 2021 - 03:11 h

TEMPO REAL

 

Capa / Saúde / SES distribui mais 325.620 doses de vacina contra Covid-19 aos 92 municípios do estado neste sábado

SES distribui mais 325.620 doses de vacina contra Covid-19 aos 92 municípios do estado neste sábado

Matéria publicada em 19 de junho de 2021, 12:40 horas

 


Rio de Janeiro – A Secretaria de Estado de Saúde (SES) realiza, neste sábado (19), a entrega de 325.620 doses de vacina contra Covid-19 aos 92 municípios do estado. Estão sendo distribuídas 194.220 doses de vacina da Pfizer para primeira aplicação e 131.400 da Coronavac, divididas entre primeira e segunda aplicação.

Os municípios do Rio, Niterói, São Gonçalo, Maricá e Itaboraí  retiraram os imunizantes na parte da manhã, na Coordenação Geral de Armazenagem (CGA) da SES, em Niterói. Para os outros 87 municípios, a entrega está sendo realizada por caminhões e vans que começaram a  sair da CGA desde  as 8h, com escolta da Polícia Militar.

Vacinação lactantes gestantes e puérperas sem comorbidades

Em decisão conjunta com o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems) a SES, incluiu a imunização de lactantes, gestantes e puérperas sem comorbidades contra Covid-19 no Calendário Único de Vacinação do estado do Rio de Janeiro. A medida foi pactuada nesta quinta-feira (17), na Comissão Intergestores Bipartite (CIB), e tem como objetivo garantir a uniformidade da vacinação no estado. O documento foi enviado aos municípios nesta sexta-feira (18).

”Estamos trabalhando duro para organizar e acelerar o Calendário Único do estado dentro da realidade da programação de entrega de vacinas pelo Ministério da Saúde. Eu e a equipe da Secretaria de Saúde não vamos descansar até que toda população esteja imunizada”, disse o governador Cláudio Castro.

De acordo com o secretário de Saúde, Alexandre Chieppe, até o momento, não há qualquer contra indicação na vacinação de lactantes (mulheres que amamentam por até 12 meses).

”As mulheres não precisam interromper a amamentação para serem vacinadas. Também não há contra indicações para a doação de leite materno. A imunização de lactantes já está elencada no Plano de Operacionalização da Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19, do Ministério da Saúde. Por isso, pactuamos a inclusão imediata desse grupo no Calendário Único de Vacinação do estado”.

Seguindo as orientações do Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde, a SES incluiu ainda a vacinação de grávidas e puérperas sem comorbidade no cronograma de imunização. Contudo, a vacinação deste público deverá ser condicionada à prescrição médica, após avaliação individualizada do médico.

As gestantes e puérperas com e sem comorbidades que ainda não tenham sido vacinadas contra Covid-19 deverão ser imunizadas com as vacinas da Pfizer ou Coronavac. Aquelas que receberam a primeira dose da vacina Oxford/AstraZeneca deverão aguardar o término do período da gestação e puerpério (até 45 dias após o parto) para a administração da segunda dose do esquema vacinal.

As informações são da Secretaria de Estado de Saúde *


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document