quinta-feira, 17 de outubro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Nacional / Ação da PM no Complexo da Maré deixa mais de cinco mil crianças sem aula

Ação da PM no Complexo da Maré deixa mais de cinco mil crianças sem aula

Matéria publicada em 22 de novembro de 2016, 14:24 horas

 


Rio de Janeiro- Mais de 5 mil alunos de escolas municipais de ensino de 17 comunidades que compõem o Complexo da Maré, na zona norte do Rio, ficaram sem aula nesta terça-feira (22) pelo segundo dia consecutivo, devido a uma nova operação do Comando de Operações Especiais da Polícia Militar. Na segunda (21), ficaram sem aula 7 mil crianças por causa de outra operação da polícia. De acordo com a  Secretaria Municipal de Educação, o conteúdo será reposto.

Tropas de elite da Polícia Militar realizam desde cedo ações contra o tráfico de drogas na Maré. A comunidade é controlada pela facção Comando Vermelho, a mesma que comanda a Cidade de Deus, na zona oeste da cidade, onde no último sábado (19) um helicóptero da PM caiu quando participava de uma operação contra o tráfico de drogas. Com o impacto da aeronave no solo, os quatro tripulantes morreram na hora.

Até o momento, policiais militares do Batalhão de Ação com Cães apreenderam um fuzil automático e drogas a serem contabilizadas na comunidade Nova Holanda.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. Avatar

    Quer dizer que o problema é da Polícia? Os marginais fazem o tudo o que querem, inclusive com os moradores e quando há problema, a culpa é da Polícia> Por favor DV muda o título da matéria: Ação dos bandidos impede uma vida de paz das comunidades no Rio.

  2. Avatar

    Se não são feitas as operações, reclamam que a PMERJ não está fazendo nada. Se a PMERJ faz operações reclamam que atrapalha a rotina do povo!!! Que saco!!!!

  3. Avatar

    Como se essas crianças quisessem assistir aulas quando não há operações da polícia.
    Publiquem como se deve: Polícia Militar combate o tráfico nas favelas da Maré e deixa esquerda desesperada pela diminuição de votos e de financiadores.

Untitled Document