quinta-feira, 17 de outubro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / Arte e tecnologia no cenário LGBTQI

Arte e tecnologia no cenário LGBTQI

Matéria publicada em 16 de setembro de 2019, 09:00 horas

 


Exposição ‘Pina’ discute as mutações dos corpos; mostra pode ser conferida até 05 de outubro em Barra Mansa

Trabalhos trazem técnicas de fotografia em realidade virtual e realidade aumentada

Uma experiência interativa onde a arte e a tecnologia são ferramentas para discutir identidade, corpo e representação. Essa é a temática da exposição ‘Pina’, do artista Alexandre Pinheiro. Com o cenário LGBTQI fortemente expresso em seus trabalhos, o público terá acesso a técnicas de fotografia em realidade virtual e realidade aumentada realizados a partir de 2016 pelo artista.
A exposição, que acontece na Estação das Artes, no Centro de Barra Mansa, faz parte do edital de contratação de artistas do Programa de Ocupação promovido pela Fundação Cultura de Barra Mansa. A mostra pode ser conferida até o dia 05 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 16h30.
Segundo Alexandre, a tecnologia usada para criação das obras é um dos caminhos para se discutir, por exemplo, as transformações desses corpos. Com composições surreais e obras alteradas, o artista consegue retratar uma anti-realidade em que tudo é exatamente como é nesse contexto: corrupções, mutações, e falhas incluídas. Durante a exposição, o público poderá interagir com as obras por meio da realidade aumentada fazendo uso da câmera do celular.
– Quando comecei meu trabalho artístico, na maioria das vezes, eu estava fazendo algo errado, ia cancelar ou jogar fora um trabalho de horas, mas aí eu pensei: ‘espera, isso funciona!’ E são esses trabalhos que estarão a mostra na Estação das Artes. Alguns mais recentes, outros mais antigos, mas todos perseguindo a relação modular que pode existir entre humano x máquina – disse o artista.
De Barra Mansa, artista Alexandre Pinheiro (PINA) traz sua vivência na cena LGBTQI fortemente expressa em seus trabalhos. Como forma de deboche problematiza a identidade do corpo humano e suas representações, Experimentador audiovisual, desenvolve projetos na área da fotografia, vídeo, performance e instalação. Ele, que estudou por três anos engenharia, depois ingressou na fotografia de publicidade, atualmente margeia no campo da fotografia e suas tecnologias em seu estúdio em Barra Mansa. Expôs coletivamente oito vezes em cinco países diferentes, Brasil, França, Itália, Rússia e Estados Unidos. Individualmente, uma vez. Produziu coletivamente 3 peças de teatro e participou de três festivais de cinema, selecionado para um prêmio {festival do minuto UBM} e uma menção honrosa no Museu de Arte Moderna de Resende.

Serviço:
A Exposição Pina, do artista Alexandre Pinheiro, acontece até o dia 05 de outubro, na Estação das Artes, na RUa Orozimbo Ribeira, s/n, Centro de Barra Mansa. A visitação pode ser feita de segunda a sexta-feira de 08h30 às 16h30. Entrada gratuita.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document