>
segunda-feira, 23 de maio de 2022 - 06:04 h

TEMPO REAL

 

Capa / Sem categoria / Botafogo e Flamengo duelam em Minas

Botafogo e Flamengo duelam em Minas

Matéria publicada em 1 de abril de 2016, 20:01 horas

 


Clássico deste sábado será mais um do Campeonato Estadual de 2016 disputado fora do Rio

Ajeitando: Muricy Ramalho pode balançar no cargo se Flamengo não vencer o clássico

Ajeitando: Muricy Ramalho pode balançar no cargo se Flamengo não vencer o clássico 

Juiz de Fora – Botafogo e Flamengo fazem o clássico da quinta rodada da Taça Guanabara, segunda fase do Campeonato Carioca, neste sábado, às 16h(de Brasília), no Estádio Municipal Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG). O Glorioso vem de triunfo por 2 a 0 sobre o Volta Redonda e, com sete pontos, defende a permanência na zona de classificação para as semifinais. Sem ganhar há cinco partidas, o Rubro-Negro, que empatou por 1 a 1 com o Vasco na quarta-feira, tem cinco pontos e está fora do G-4. Uma derrota pode complicar de vez as chances de avançar no Estadual.

Os dois treinadores sabem que o jogo é imprevisível. Portanto, passaram para seus atletas a visão de que a fase que as duas equipes atravessam na temporada não deverá interferir no confronto. Um exemplo disso é que os botafoguenses não se consideram favoritos.

– Não vamos cair nessa armadilha de favoritismo porque sabemos que isso não existe quando se fala em clássico. Qualquer coisa pode acontecer. Respeitamos demais o Flamengo e seus profissionais e sabemos que podem render bem em qualquer situação, Logicamente que estamos confiantes porque estamos fazendo uma boa temporada, mas sem trabalharmos com favoritismo – disse o goleiro Jéfferson.

Se os botafoguenses descartam o favoritismo, os flamenguistas também não se sentem diminuídos.

– Acredito que podemos vencer o clássico mesmo sabendo da qualidade do time do Botafogo e dos seus profissionais. O Flamengo tem um bom time, mas que infelizmente não vem conseguindo fazer o que se espera dele em termos de resultado, embora esteja tendo boas atuações. Poderíamos ter vencido o Vasco e podemos vencer o Botafogo se conseguirmos estar em um bom dia – analisou o zagueiro Wallace.

Os dois lados não concordam apenas em relação a favoritismo, mas também sobre a necessidade de vitória.

– O Flamengo não pode ficar fora da zona de classificação, porque logicamente não é isso que se espera da gente. Portanto, temos que conseguir um grande resultado contra o Botafogo para não colocarmos em risco a nossa situação no Campeonato Carioca – disse o goleiro Paulo Victor.

Os botafoguenses enxergam a partida como estrategicamente importante justamente por conta das chances de classificação.

– A gente entende que uma vitória sobre o Flamengo pode deixar o Botafogo com a classificação praticamente assegurada para as semifinais e por isso mesmo o nosso pensamento é somar os três pontos. Se isso acontecer a tendência é abrir vantagem em relação a quem está fora da zona de classificação e nos dar uma tranquilidade ainda maior para as duas últimas rodadas – analisou o volante Bruno Silva.

Em termos de escalação o Botafogo tem novidades. O lateral-direito Luis Ricardo, recuperado de lesão na coxa direita, reaparece na vaga de Diego. O volante Aírton, que cumpriu suspensão diante do Volta Redonda, retorna no lugar de Fernandes. O meia Gegê, preservado diante do Voltaço, deve ocupar o lugar do argentino Yaca Núñez, que não teve destaque. O zagueiro Emerson Santos, ainda com dores na coxa direita, segue vetado, com Renan Fonseca permanecendo entre os titulares.

O Flamengo deve ter apenas uma alteração em relação ao time que empatou com o Vasco. O volante colombiano Gustavo Cuéllar, que estava servindo a sua seleção nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, que será disputada na Rússia, retorna na vaga de Márcio Araújo.

O atacante Paolo Guerrero, que disputou duas partidas com um intervalo de apenas 24 hora no meio da semana – atuou pela seleção do Peru na terça, no Uruguai, e contra o Vasco na quarta, em Brasília -, está relacionado para a partida e viajou com o grupo para Juiz de Fora.

Na coletiva desta sexta-feira, o zagueiro Juan fez questão de mencionar a dedicação do peruano: “Ele está se recuperando, como todos. É especial pela maratona que fez, tem que parabenizar pelo que fez pelo Flamengo. Muito legal ver um estrangeiro se doar assim, identificado tão rápído com o clube. Poucos conseguem fazer o esforço que ele fez, e o desempenho dele contra o Vasco foi fundamental para a gente”, disse o veterano.

BOTAFOGO X FLAMENGO

Local: Estádio Municipal Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG)
Horário: 16h(de Brasília)
Árbitro: Luis Antonio Silva dos Santos (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés (RJ) e Wagner de Almeida Santos (RJ)
BOTAFOGO: Jéfferson, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Joel Carli e Diogo Barbosa; Aírton, Bruno Silva, Rodrigo Lindoso e Gegê; Juan Salgueiro e Ribamar
Técnico: Ricardo Gomes
FLAMENGO: Paulo Victor, Rodinei, Juan, Wallace e Jorge; Gustavo Cuéllar, Willian Arão e Ederson; Gabriel, Emerson Sheik e Paolo Guerrero
Técnico: Muricy Ramalho


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document