>
domingo, 26 de junho de 2022 - 21:44 h

TEMPO REAL

 

Capa / Sem categoria / Metalúrgicos rejeitam proposta apresentada como ‘final’ pela CSN

Metalúrgicos rejeitam proposta apresentada como ‘final’ pela CSN

Matéria publicada em 27 de maio de 2022, 18:31 horas

 


Empresa havia classificado a oferta como ‘final’ e destino das negociações é incerto; judicialização levaria meses

Foto: Paulo Dimas – Arquivo
Metalúrgicos rejeitam oferta apresentada como ‘final’ pela CSN e negociação pode parar ou ir para a Justiça

Volta Redonda – Os metalúrgicos da CSN e da GalvaSud rejeitaram, em votação por escrutínio secreto, a proposta apresentada como final pelas empresas para o acordo coletivo da categoria. O “não”, que rejeitava a proposta, teve 4.039 votos, contra 2.385 “sim”, 10 votos em branco e quatro nulos.

O Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense vai informar oficialmente a empresa do resultado.

Como a empresa havia afirmado que essa proposta era a final, o destino das negociações é incerto. O caso pode ser judicializado, na forma de dissídio coletivo na Justiça do Trabalho, em que a maioria dos casos limita o acordo à reposição da inflação medida pelo INPC e leva vários meses até uma decisão.

Também pode haver uma tentativa de retomar as negociações, o que vai depender do poder de barganha do Sindicato dos Metalúrgicos, único interlocutor com quem a CSN admite negociar.

A oferta rejeitada pelos trabalhadores incluía aumento salarial de 12% para os trabalhadores com salários de até R$ 5.000,00 mensais e o mesmo percentual para técnicos e aqueles que estão no primeiro nível de liderança.

Para os metalúrgicos que ganham acima de R$ 5 mil, o reajuste seria de 10%. Todos os reajustes valeriam a partir do dia 1° de maio. A proposta surgiu após quase um mês sem negociações, depois que a categoria rejeitou a segunda oferta da empresa no fim de abril.

A proposta incluía ainda: – Cartão alimentação – R$ 500,00, com desconto de 5% a título de participação; Reembolso creche – R$ 652,00; Crédito extra no cartão alimentação no valor de R$ 900,00 em duas parcelas, a primeira em cinco dias úteis após a assinatura do acordo e a segunda no dia 16 de dezembro de 2022.

Ainda estava incluído um crédito extra de R$ 900,00 no cartão alimentação pelo Banco de Horas, a ser pago para os trabalhadores que registram ponto, supervisores e coordenadores, até cinco dias após a assinatura do acordo.

A proposta previa também a criação de comitês para avaliar propostas de possíveis melhorias nos serviços de saúde e alimentação, além de abono 2021 – pagamento de abono em substituição da PPR de 76% do Target, representando 1,9 salário em até cinco dias úteis após a assinatura do acordo.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

15 comentários

  1. Pião felizão CSN

    Perdemos a chance de sermos felizes, se for para a justiça vamos perder a grande maioria dos benefícios, gostaria de fechar o acordo individualmente.

  2. Idiotas úteis nos comentários falta de estudo da nisso, empresa lucra 14 bilhões e paga metade do que se paga na região e em São Paulo, quando entrou pandemia pediram pra ajudar a empresa pra manter emprego, como saiu por cima da pandemia Lucrando alto não lembra do trabalhador que deu resultado.

  3. De olhos abertos.

    Poder de barganha do sindicato?…..Só pode ser piada kkk

  4. O mundo em crise e os bonitinhos aí fazendo greve! Aí fora está se formando uma fila que quer trabalhar até mesmo pela metade do salário. Não estão satisfeitos e querem ficar a toa vai para casa ficar no portão ou no botequim, vão ganhar muito com isto. Na hora que o estômago começar a doer de fome vão se lembrar que tem mais é que trabalhar. Não querem trabalhar deem vaga para quem quer. Se eu fosse vocês não demorariam a pedir demissão. Não querem pedir sugiro que os responsáveis de vocês mandem embora. Quer trabalhar por este salário tudo bem está garantido o emprego não quer pegue os seus pertences e vazem

    • aposto que voce esta desempregado e tem raiva de quem esta trampando. Por pensamentos burros igual ao seu é que tem um monte de classes de trabalhador ganhando salario de fome.
      Agradeça lutas de trabalhadores antes da sua existencia é que vc tem salario seu burraldo

    • Você sabe o que é entrar às 7:00 da manhã para trabalhar e só sair às 9:00 do outro dia, ver amigo perder a vida ou parte do corpo sendo mutilada, ter a sua vida em risco? Acorda pra vida essa é a realidade de muitos metalúrgicos que trabalham nesta empresa não é igual a sua que fica atrás de uma mesa atendendo o telefone

  5. Agora é Dissídio. O que a Justiça determinar e fim de papo. Daqui a 4 ou 5 meses.

    • Não fala besteira, vc não sabe como é julgamento de dissidio. Pois é levado a julgamento todos benefícios acima Benefícios atuais, pagos além do que determina a CLT:
      – Plano de Saúde;
      – Plano Odontológico;
      – 70% das férias ao invés de 33,33% previsto na legislação;
      – Horas-extras pagas com acréscimo superior aos 50% previstos na legislação;
      – Auxílio-creche;
      – Bolsas de estudo;
      – Cartão alimentação;
      – Seguro de vida;
      – Previdência privada;
      – Abono;
      – Empréstimo sem juros;
      – Convênio farmácia;
      – Convênio academia. lei.

  6. AGORA VCS VERÃO COMO NUNCA É A ÚLTIMA PROPOSTA.ELA VAI OFERECER MAIS UMA MIGALHA E POR EM VOTAÇÃO PELO SINDPELEGO E VER SE COLA

  7. Baby, não é a mamãe!

    Palem com isso. Pessoal, vamos tlabalhar. Tlabalho tá dificil conseguir outlo. Csn não é uma emplesa ruim assim.

  8. Parte dos metalúrgicos da CSN (60% dos votantes), almejam obter um ganho ainda melhor neste acordo.
    A tática da CSN é tentar agradar seu maior patrimônio, seus empregados, ofertando mais do que foi estabelecido em Outubro do ano passado, quando foi fechado o orçamento para 2022. Com a decisão de hoje, temos um futuro incerto.

  9. Capeta da grota do Santa Cruz

    ABSURDO!!!!

Untitled Document