quinta-feira, 16 de julho de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / Paraty ganha conselho municipal de segurança pública

Paraty ganha conselho municipal de segurança pública

Matéria publicada em 18 de abril de 2017, 12:15 horas

 


Paraty – Com o objetivo de definir uma política integrada de segurança pública e estabelecer medidas de prevenção à violência, foi implementado na semana passada o Conselho Municipal de Segurança Pública de Paraty. Na presença do prefeito Casé, do vice-prefeito, Luciano Vidal, tomaram posse como presidente do Conselho o atual secretário de Segurança e Ordem Pública, Almir Botelho, como vice-presidente o comandante da 3ª companhia de Polícia Militar de Paraty, capitão Robson Guerreiro, como secretário-geral, o advogado Daniel Piccoli, e como mediadora a Coordenadora Executiva do Instituto Colibri, Bernadete Passos.

Para o delegado titular da 167ª DP, Uriel Alcântara Machado Nunes, a criação do conselho vem num momento de grave crise nas instituições. “Essa integração entre sociedade civil, município, Estado e União vai contribuir para a criação de um ambiente adequado para que as polícias Civil e Militar possam desenvolver seu trabalho”, explica.
Já o Capitão da PM, Robson Guerreiro, acredita ser muito importante a criação do Conselho, porque vai proporcionar a discussão sobre segurança pública do município com a sociedade civil de forma mais técnica. “Essa é uma forma de tratar o assunto de maneira mais técnica e, assim, proporcionar uma melhoria na qualidade do serviço para a população de Paraty”, afirma.

Os representantes do Conselho que tomaram posse hoje permanecem no cargo por dois anos. No próximo encontro os conselheiros vão aprovar o regimento interno, a
criação do Fundo Municipal de Segurança Pública e o Gabinete de Gestão Integrada, para que seja possível buscar recursos federais.

Além de estimular a estruturação do Conselho Municipal de Segurança Pública, a Prefeitura de Paraty também promove atualmente a criação do Observatório de Prevenção à Violência, em parceria com o Instituto Igarapé e o programa Juntos pelo Desenvolvimento Sustentável. A ideia é identificar jovens em situação de vulnerabilidade e definir medidas preventivas em parceria com o Judiciário
Estavam presentes representantes do 33º BPM, Polícia Civil, Marinha do Brasil, Corpo de Bombeiros, OAB-Paraty, Polícia Rodoviária Estadual, Coordenadoria das Mulheres da Prefeitura de Paraty, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Conselho Tutelar e vereadores do município.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar
    Lucas Araújo Neves (Aterrado - VR)

    Serve pra nada !! Um bando de acéfalos brincando de faroeste.

  2. Avatar

    E a divulgação do balanço dos 100 dias de governo? Ainda faltam de Paraty, Rio Claro, Resende, Barra do Piraí, Piraí e Mendes.

Untitled Document