segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Sem categoria / Prefeitura de Volta Redonda amplia vistorias do Escritura Fácil

Prefeitura de Volta Redonda amplia vistorias do Escritura Fácil

Matéria publicada em 15 de janeiro de 2020, 22:21 horas

 


Programa de regularização fundiária já atendeu mais de 3,2 mil pessoas

Equipe da prefeitura visita imóvel para tratar do Escritura Fácil
(Foto: Evandro Freitas / Secom VR)

 

Volta Redonda – As equipes do Escritura Fácil – maior programa de regularização fundiária de Volta Redonda – começaram o ano de 2020 com um novo formato de atendimento. A prefeitura direcionou mais equipes para atuar nas vistorias dos imóveis que foram inscritos na primeira fase. Já foram atendidas mais de 3,2 mil pessoas no programa, e 29 famílias já foram contempladas com a Certidão de Regularização Fundiária (título de propriedade).
— Nosso objetivo é beneficiar cerca de 40 mil famílias. O Escritura Fácil é um marco para a cidade e traz mais dignidade para os moradores de áreas de posse. É o sonho da casa própria se realizando para essas pessoas — afirmou o prefeito Samuca Silva.
Nesta semana, as vistorias estão acontecendo no bairro Vila Rica-Três Poços, com equipes que contam com arquiteto, engenheiro civil e assistente social. Todo trabalho está sendo feito com base nas informações passadas pelos interessados durante a primeira fase do projeto.
Os bairros a serem visitados são definidos de acordo com os levantamentos do primeiro atendimento. As equipes do programa já vistoriaram imóveis nos bairros Santo Agostinho e Santa Cruz e podem retornar ao bairro, conforme os moradores compareçam com a notificação e documentação exigidas.
Este primeiro atendimento do programa continua sendo feito no Estádio Municipal Raulino de Oliveira, no bairro Jardim Paraíba. Os moradores que receberem a notificação deverão comparecer ao Acesso Azul do estádio, das 8h às 13h, com a documentação de identificação (identidade e CPF) e referentes ao imóvel, como comprovante de residência (preferência por conta do Saae-VR) e comprovante de renda. E quem já fez o cadastro, em breve estará recebendo a visita de pesquisa para a continuidade do processo da entrega de títulos.
A Certidão de Regularização Fundiária será entregue ao proprietário após equipe da prefeitura vistoriar o imóvel e confirmar os dados de posse. Em seguida, o proprietário deve entrar em contato com profissionais da área de arquitetura e engenharia para produção da planta do imóvel – serviço que será disponibilizado pela prefeitura para famílias com renda até R$ 1,8 mil.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document