Prefeitura investe mais de R$ 1 milhão em saneamento básico

by ana Calderone

Volta Redonda – A Prefeitura de Volta Redonda, por meio do Serviço Autônomo de Água e Esgoto do município (Saae-VR), já investiu mais de R$ 1 milhão na implantação de novas redes de abastecimento de água e de coleta de esgoto pela cidade nos últimos meses. São oito obras já entregues e uma em andamento, com o objetivo de melhorar o acesso à água potável e o saneamento básico dos moradores.

“São obras importantes, a maioria para substituir antigas tubulações que se deterioraram com o tempo, ou instalar novas redes em pontos que ainda não contavam com a estrutura, a pedido dos próprios moradores. Um investimento essencial que vai melhorar a vida de quase 500 famílias”, afirmou o diretor-executivo do Saae-VR, Paulo Cezar de Souza, o PC.

De acordo com levantamento do Saae-VR, foram instalados 4.810 metros de novas tubulações, sendo 2.902 metros para a implantação de redes de água e 1.908 metros para a rede de esgoto sanitário. A região do Retiro conta com cinco intervenções em diferentes pontos, atendendo a cerca de 90 famílias. Foram feitas novas redes de água e esgoto nas ruas Suinã (120 metros de água e 120 metros de esgoto) e Engenheiro Francisco Sabóia (498 metros para água); e na Estrada da União, com 570 metros de rede de água e 588 metros de rede de esgoto.

Mais obras

Outra localidade beneficiada foi o Jardim Europa, onde as equipes substituíram 1.594 metros da rede que abastece com água potável as residências de 285 famílias. As tubulações que levavam a água até a população local eram antigas, feitas de ferro, e foram trocadas por equipamentos mais modernos.

No bairro Três Poços, os moradores da Rua Seis contam com novas redes de água e esgoto, sendo 120 metros de novas tubulações para cada finalidade, beneficiando aproximadamente 25 famílias do bairro.

“E estamos avançando com a construção de mais de um quilômetro de rede para coleta de esgoto de cerca de 50 famílias do Núcleo Fazendinha, no bairro Vila Brasília, atendendo também ao pedido dos moradores, já que a rua não tinha essa tubulação. Todo o trabalho segue um planejamento para que consigamos avançar cada vez mais e garantir o acesso à água e à coleta de esgoto para toda a população”, disse o diretor-executivo do Saae-VR.

You may also like

1 comment

Alfersil 20 de maio de 2024, 11:23h - 11:23

Um milhão nas contas do “capo di tuto capi”, custa a instalação de 100 metros de tubo 3/4″.

Reply

Leave a Comment

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996