>
domingo, 3 de julho de 2022 - 14:17 h

TEMPO REAL

 

Capa / Tempo Real / 1ª edição da ‘Rua de Compras’ 2022 aquece comércio e leva lazer, cultura e serviços à VR

1ª edição da ‘Rua de Compras’ 2022 aquece comércio e leva lazer, cultura e serviços à VR

Matéria publicada em 7 de maio de 2022, 20:26 horas

 


Evento aconteceu nesta véspera do Dia das Mães, na Avenida Amaral Peixoto

O evento teve por objetivo movimentar o comércio, e foi uma ótima oportunidade para quem ainda não havia comprado o presente de Dia das Mães – Foto: Cris Oliveira.

Volta Redonda- No sábado, dia 07, a Avenida Amaral Peixoto, no Centro, recebeu a primeira edição de 2022 do projeto “Rua de Compras”. O evento teve por objetivo movimentar o comércio, e foi uma ótima oportunidade para quem ainda não havia comprado o presente de Dia das Mães, comemorado neste domingo, dia 08. A iniciativa é promovida em parceria pela Prefeitura de Volta Redonda, Aciap-VR (Associação Comercial, Industrial e Agropastoril), Sicomércio (Sindicato do Comércio Varejista) e CDL-VR (Câmara de Dirigentes Lojistas).

“Com o avanço da vacinação e a retomada da economia, pudemos voltar a fazer aquilo que a gente gosta, que é oferecer para os moradores da cidade e de toda região a experiência com nosso comércio diversificado, que valoriza desde o pequeno artesão e microempreendedor até as grandes lojas e marcas que veem em Volta Redonda a oportunidade de mercado e crescimento. Além, é claro, de poder mostrar para os moradores da cidade um pouco dos serviços que são oferecidos pela prefeitura todos os dias, como nos Cras e nos bairros”, destacou o prefeito Antonio Francisco Neto.

A avenida Amaral Peixoto, conhecida pela diversidade de lojas, virou um verdadeiro shopping a céu aberto, entre 9h e 18h. O espaço também reuniu atividades culturais, esportivas e de lazer, praças de alimentação com food trucks e ações de conscientização em saúde, além da vacinação contra Gripe e Covid-19.

A dentista Isabela Rodrigues disse que veio passar o final de semana das mães com a família, mas ainda não havia comprado o presente da avó. “Eu, infelizmente, não tenho mais a minha mãe, mas a minha avó é a mãezona da família. Como ainda não tinha comprado o presente dela, aproveitei a oportunidade e acabei comprando uns para mim também”, disse a mãe da pequena Roberta.

Diversão e movimento foram garantidos pelas equipes da Smel – Foto: Cris Oliveira(PMVR).

Serviços e lazer

O Caminhão de cabeleireiro/trancista da Secretaria Municipal de Ação Comunitária (Smac) ofereceu uma repaginada no visual, com cortes e penteados. A Secretaria de Cultura levou apresentações musicais com a Banda e o Coral Municipal e de dança, além da Feira de Artesanato, uma oportunidade de prestigiar os artesãos locais. Diversão e movimento foram garantidos pelas equipes da Smel (Secretaria Municipal de Esporte e Lazer): atividades como Ginástica Artística, Tênis de Mesa e Badminton foram algumas das ofertadas.

Houve ainda quem quisesse aproveitar a oportunidade para se tornar mãe/pai de PET. A Secretaria de Meio Ambiente realizou uma edição do espaço de adoção “Família Animal”. Cerca de 20 animais foram colocados para adoção, entre cães e gatos. E o que não faltou foi espaço para a conscientização. As Secretarias da Mulher e Direitos Humanos e de Saúde aproveitaram o grande público para conscientizar sobre diversos temas.

Infraestrutura e Segurança

Para a realização da “Rua de Compras”, o trânsito de veículos na Avenida Amaral Peixoto está interrompido do início da madrugada de sexta (6) até a noite de hoje. A Guarda Municipal orientou os motoristas, e a Secretaria de Ordem Pública garantiu a segurança do evento com um esquema especial.

“Esse evento, com o apoio total da prefeitura, incentiva ainda mais a retomada do comércio na cidade. As pessoas já estavam com saudade de ver essa movimentação e prestigiar as lojas e serviços locais. Sabemos que muitas pessoas vêm de outras cidades da região porque reconhecem o potencial e a diversidade que Volta Redonda oferece”, disse Rogério Loureiro, assessor especial da prefeitura.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

6 comentários

  1. Isto mostra como o Samuca estava certo nas suas propostas.

  2. A falta de laser que o voltarredondense vive, leva a esse tipo de aglomeração em ambiente insalubre e sem atrações, a não ser entrar em lojas hipermanjadas, ou sentar num bar e encher a cara.

  3. Gostei muito das fotos, verdadeiras poesias em forma de imagem. Parabéns ao fotógrafo!…

  4. Evento ímpar na região que reverte em um grande estímulo ao comércio da cidade e conforto aos clientes.
    Em se tratando de negócios é um bom momento para o faturamento, principalmente porque nossa cidade temos a maior siderúrgica da América latina, cujos salários são os melhores do estado do Rio de Janeiro, proporcionando aos seus empregados a oportunidade de gastarem aqui seu dinheiro, com conforto e segurança.

    • Praças de alimentação e foods truks SERVINDO, PREPARANDO os pratos…Dando troco, retirando o lixo,
      Sem gorros, luvas.

  5. Evento ímpar na região que reverte em um grande estímulo ao comércio da cidade e conforto aos clientes.
    Em se tratando de negócios é um bom momento para o faturamento, principalmente porque nossa cidade temos a maior siderúrgica da América latina, cujos salários são os melhores do estado do Rio de Janeiro.

Untitled Document