sábado, 27 de novembro de 2021 - 23:53 h

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Ação do Bope em Angra pode resultar em migração de bandidos para região

Ação do Bope em Angra pode resultar em migração de bandidos para região

Matéria publicada em 28 de agosto de 2018, 10:28 horas

 


Apreensões de drogas e armas em Barra Mansa. (crédito PM)

Barra Mansa – As policiais Civil e Militar estão em alerta para uma possível migração de bandidos de Angra dos Reis para outras cidades do Sul Fluminense. Há suspeita de que, após a chegada dos agentes do Batalhão de Operações Especiais (Bope), na Costa Verde, traficantes estariam deixando o município.

A prisão nesta segunda-feira, de 12 pessoas de Angra dos Reis, que estavam no bairro da Lambicada, em Barra Mansa, reforçou essa hipótese. Apenas quatro suspeitos ficaram detidos.

Na ação policiais militares apreenderam três mil pinos vazios para acondicionar cocaína, 379 sacolés da mesma droga, uma pistola, duas munições e um rádio transmissor. A intenção do grupo era montar um ponto de venda de drogas no bairro Bocaininha.

O delegado titular da 90ª DP (Barra Mansa), Ronaldo Aparecido de Brito, indiciou os suspeitos por tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de drogas.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

8 comentários

  1. JOSE RIBAMAR DE OLIVEIRA

    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Vai nessa!!!!!!

  2. Na vila nova todos finais de semana atras do campo (JACA BAR), vai encontrar um monte, fazendo bagunça, usando drogas e vendendo, sexo na rua. Mais a policia não vai lá. Pois se for pode levar um ônibus porque vai ser uma cabeçada.

  3. Cidadã trabalhadora

    Todos nós temos que denunciar. Vamos ligar para policia, onde tem movimentação de traficantes e ratos estranhos pertos no local. E temos que torcer para que a policia, faça o necessário para acabar isso, “atire pra matar esses ratos”! Não adianta prender, porque, esse rato preso hoje, estará solto amanhã, em condições de matar o mesmo policial que prendeu ou outro companheiro. Será menos um rato nos presídios, menos sendo sustentado as custas do povo que vive assaltando nas ruas. Vamos torcer para o bom policial matar esses ratos!

  4. Temos que ter um bom aparato social e educacional para recepcionarmos essas pessoas, objetivando qualificá-las e prepará-las para o mercado de trabalho, resgatando-as do nefasto mundo do crime.

    O Brasil tem jeito, depende de nós.

  5. realmente a migraçao sempre occorre durante essas operaçoes nas favelas uma especie de logistica do crime e remanejamento de bandidos e armas e drogas para outras favelas da mesma facçao . aumentando a violencia tambem por onde eles forem causando oque ja ocorre em angra e na capigal do RJ.

  6. Se vier pro meu bairro denuncio todos, odeio ladrao, ladrao bom e morto

Untitled Document