quarta-feira, 13 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Acusada de matar professora vai a julgamento em Volta Redonda

Acusada de matar professora vai a julgamento em Volta Redonda

Matéria publicada em 10 de julho de 2019, 09:27 horas

 


Vera Lúcia, vitima que foi morta pela acusada
(Foto: Redes sociais)

Volta Redonda – O Juiz da 1ª Vara Criminal de Volta Redonda, Ludovico Couto Colacino, vai presidir a partir das 10h, do próximo dia 16 deste mês, o julgamento de Eliésia da Silva, no Tribunal do Júri, no Fórum da cidade.  A ré é acusada de assassinar a professora de artesanato, Vera Lúcia de Oliveira Alves, de 56 anos, com quem mantinha um relacionamento íntimo.

O corpo da vítima foi encontrado no dia 28 de fevereiro de 2015, no quarto de um hotel, no Centro de Volta Redonda.

À época, o assassinato foi apurado pelo então delegado Alsidésio Bispo Júnior.  O policial contou que as duas mulheres tiveram uma discussão por motivos ligados ao relacionamento.

– Eliésia disse que  perdeu a cabeça durante a discussão, agarrou no pescoço da vítima com muita força, porque estava com raiva, e a vítima perdeu os sentidos. A vítima era bem mais forte que ela e não havia no local do crime sinais de luta corporal e pelo menos não sinais aparentes de asfixia por esganadura, a gente acredita que a vítima foi dopada de alguma forma.  A vítima foi encontrada com um travesseiro no rosto – contou o delegado, na ocasião.

Um parente da professora, que pediu para não ser identificada, por questões de segurança, disse Vera Lúcia foi morta de forma brutal, com  requintes de crueldade, e por motivo torpe. Ainda segunda a parente a vítima foi asfixiada por esmagadura.

 

 

 

 

 

 

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. Avatar

    Fiquei em duvida se vai ser feminicídio, ou só vale pra quando o homem mata a mulher?????

  2. Avatar
    Letícia Lopes dos Santos

    Tem que ser condenada a muitos anos de prisão pelo cruel assassinato.

  3. Avatar

    Se errou deve pagar, pois ninguém tem o direito de tirar a vida de alguém, só Deus que nos criou, que a justiça seja feito.

Untitled Document