>
domingo, 7 de agosto de 2022 - 20:06 h

TEMPO REAL

 

Capa / Tempo Real / Adolescente de Volta Redonda é uma das mais de 100 vítimas da chuva em Petrópolis

Adolescente de Volta Redonda é uma das mais de 100 vítimas da chuva em Petrópolis

Matéria publicada em 17 de fevereiro de 2022, 20:35 horas

 


Dois outros irmãos da vítima escaparam da tragédia

Volta Redonda e Petrópolis – Maria Clara Martins de Castro Souza, de 16 anos, moradora do bairro Conforto, em Volta Redonda, é uma das vítimas da tragédia provocada pelas chuvas em Petrópolis. A adolescente estava na cidade da região Serrana visitando a avó. O sepultamento do corpo da menina será no Cemitério Municipal de Petrópolis, onde moram familiares da vítima.

Maria Clara tinha 16 anos e morava no Conforto, em Volta Redonda

A avó da adolescente, que morava no bairro Castelânea e teve a casa destruída pelo deslizamento, sobreviveu. A mãe da adolescente Roberta Martins, de 46 anos, que esta na cidade serrana disse que, além da adolescente, dois outros irmãos da vítima moravam com a avó. Os rapazes, com 24 e 27 anos de idade, escaparam da tragédia porque estavam no trabalho no momento do deslizamento de terra.

Maria Clara estava em Petrópolis para realizar a transferência de colégio. Ela viria estudar no Instituto de Educação Professor Manuel Marinho, na Vila Santa Cecília.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Que notícia triste. Essa catástrofe sensibilizou todo país. Pena que o governo demorou muito para mandar as Forças Armadas colaborarem com o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil

  2. Pobre menina. Que a natureza a receba com carinho.

Untitled Document