>
sexta-feira, 27 de maio de 2022 - 07:04 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Advogada de Volta Redonda é executada na Barra da Tijuca; veja vídeo do crime

Advogada de Volta Redonda é executada na Barra da Tijuca; veja vídeo do crime

Matéria publicada em 15 de agosto de 2018, 17:19 horas

 



Rio e Volta Redonda –
A advogada Karina Garofalo, de Volta Redonda, foi assassinada a tiros na Via Malibu, Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, perto de onde estaria morando.

Ela é filha do empresário Pepe Garofalo, que foi dono da distribuidora de jornais de Volta Redonda, e atuava como corretora de imóveis no Rio.

De acordo com a polícia, a mulher tinha 44 anos e foi assassinada quando caminhava em frente ao condomínio Sunprime com o filho, de 13 anos. A criança nada sofreu no atentado.

Um homem encapuzado desceu de um carro – que seria um Renault preto – e fez vários disparos contra a mulher.

Testemunhas disseram que o assassino se aproximou da vítima por trás e usou uma espécie de silenciador na arma para praticar o crime.

Karina foi casada com Pedro Paulo Júnior, também de Volta Redonda.

Karina Garofalo é advogada e filha de empresários de Volta Redonda


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

25 comentários

  1. Mais um crime no Rio de janeiro , quero ver se a polícia vai tratar desse caso igual estão dando muito Ibope para o caso Mariele , vergonha desse Brasil .

  2. Que Deus conforte o coração dessa criança e familiares.

  3. Não interessa se tem ou não algo por trás deste assassinato, o que interessa que acontece mais uma morte e as pessoas agem com se nada tivesse acontecido, a vida não representa mais nada para o ser humano está banalizada. Nós temos de mudar os nossos conceitos e mudar o Código Penal o quanto antes.

    • Ai é que está amigo…o problema não é o Código Penal, ao contrário, é a sua não aplicabilidade frente ao engessamento processual e permissibilidade recursal, além da Lei de Execução Penal permitir decisões estapafúrdias como deixar a Suzane Hichtoffen ter “saidinha” do dia dos pais, ainda que pelo Código Civil ela tenha se tornado indigna da herança por ter tramado com os assassinos dos pais.

      O que os defensores do “quanto pior melhor” querem é exatamente uma reforma ou mudança total no Código Penal, o que colocaria em primeiro plano na “Moderna Legislação Penal” uma série de doutrinas esdrúxulas acerca do crime e do criminoso, todas encarando o meliante como “vítima inimputável” desta sociedade desigual!!!

  4. Advogado também não vale nada, essas merda tem é que morre mesmo

  5. isso é lamentável!!!!

  6. Nada justifica e nem irá traze-la de volta, mas ninguem mata outro assim do nada e ainda se preocupou com silenciador…

  7. Ai tem……….

  8. Esse crime foi na cidade maravilhosa mas também poderia ser cometido aqui na cidade do aço, o local não modifica o modo de ação desse bandido, apenas aproveitou a oportunidade

  9. Tem índicios de execução.

    Meus pesâmes à família.
    Que Deus os conforte.

  10. CIDADE MARAVILHOSA ESSE RIO DE JANEIRO!!!

  11. Investiguem porque debaixo desse angu tem caroso o assassino não levou nada da vítima.

  12. Hell de janeiro
    A Líbia é aqui

  13. Mariele e Anderson 5 meses… favor entrar na fila e aguardar. Aqui é Rio de Janeiro Brasil.

    • vc que pensa que a policia não esta investigando, nossa policia é boa, oque falta é investir mais nela, ai sim teremos respostas rápidas.

  14. Cada dia é um inocente morrendo de forma cruel no Rio…

Untitled Document
close