terça-feira, 22 de junho de 2021 - 11:27 h

TEMPO REAL

 

Capa / Tempo Real / Policial civil que atirou durante manifestação de mulheres em Paraty é afastado

Policial civil que atirou durante manifestação de mulheres em Paraty é afastado

Matéria publicada em 12 de maio de 2021, 18:02 horas

 


Paraty – O delegado titular da 167ª DP (Paraty),  Marcelo Haddad, disse nesta quarta-feira (12), que o policial civil que atirou a esmo, durante uma manifestação de mulheres para coibir o feminicídio, foi afastado.  O tiro de fuzil foi disparado quando o evento ocorria em frente à Delegacia de Paraty.

Ninguém ficou ferido. Segundo uma manifestante, o inspetor atirou duas vezes no chão, onde estavam mulheres e crianças.

Haddad disse ainda que foi recolhido o distintivo e a arma da corporação. O delegado informou que policial foi transferido da sede da 167ª DP para o setor  administrativo da Polícia Civil, no Rio.

– O policial (suspeito), disse que atirou porque as mulheres estavam ameaçando invadir e  quebrar objetos da delegacia.  Além disso,  ele disse que as manifestantes estavam forçando a porta de vidro da DP, para colocar cartazes. Ele ficou temendo que o vidro se quebrasse, por ser frágil, e machucasse alguém. Ele alegou que, por isso, saiu da delegacia e disparou para o lado, direcionando o tiro na terra do gramado, para que o disparo não ricocheteasse, evitando, assim,  atingir alguém – disse o delegado.

Segundo Haddad, o inspetor alegou que ficou com medo do patrimônio público ser danificado e zelou pelas pessoas que estavam na delegacia.

– O policial disse que por cautela atirou para o lado, só para o barulho espalhar as pessoas do local.  O inspetor vai responder por disparo de arma de fogo, na Corregedoria de Polícia Civil, na capital fluminense – explicou Haddad.

 

 

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. É para acreditar mesmo no papinho de que o policial “ficou temendo que o vidro se quebrasse, por ser frágil……..” ou “o inspetor alegou que ficou com medo do patrimônio público ser danificado……” Despreparo total!! Merece o rigor da lei. A manifestação era pacífica, ninguém estava armado, em sua maioria estavam mulheres e crianças exercendo um direito constitucional.

  2. Vai acabar em …. PIZZA .
    ..

  3. Não.entendi!!?? É policial civil ou militar?

Untitled Document