terça-feira, 15 de junho de 2021 - 09:51 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Agentes comunitários recebem curso de Cuidador de Idosos

Agentes comunitários recebem curso de Cuidador de Idosos

Matéria publicada em 19 de agosto de 2018, 09:30 horas

 


Preparados: Cursos ajudam a preparar funcionários a tocar atividades especialmente com idosos
(Foto: Evandro Freitas)

Volta Redonda – A qualificação profissional e o aprimoramento de técnicas para cuidar de familiares eram objetivos comuns aos 60 alunos do curso de Cuidador Familiar de Idosos, que teve a aula inaugural na tarde de terça-feira (14), no campus do UniFOA (Centro Universitário de Volta Redonda) no Aterrado.
A capacitação é voltada para os Agentes Comunitários de Saúde, que atuam nas unidades que do Programa de Saúde da Família; para funcionários das Residências Terapêuticas, que atendem pacientes da Saúde Mental; e pessoas da comunidade.
O Agente Comunitário de Saúde (ACS), Afonso Azeredo, que atua na Unidade de Saúde Básica da Família (UBSF) do Siderópolis há dois anos acredita que a capacitação vai facilitar o dia a dia em seu trabalho. “Atuo no Siderópolis e Casa de Pedra, bairros com muitos moradores idosos. Esse curso vai me ajudar a cuidar melhor dos idosos que visito e também passar orientações corretas para os seus cuidadores”, acredita.
Já Joana D’Arc Patrício de Souza, moradora do bairro Limoeiro, procurou a qualificação para cuidar melhor dos pais. “Eles ainda não precisam de cuidados específicos, por enquanto ajudo com as novas tecnologias. Mas sou a filha caçula, a única solteira, moro com eles e quero me preparar”, disse.
“As aulas, teóricas e práticas, dão mais segurança e respaldo ao cuidador familiar. O objetivo é melhorar a qualidade de vida do idoso que é cuidado por parentes, em casa. Porém, sabemos da importância de capacitar também nossos funcionários que atuam com pacientes idosos que necessitam de ajuda temporária ou permanente para o desenvolvimento de suas atividades diárias”, disse o secretário municipal de Saúde, Alfredo Peixoto.
A aula inaugural, ministrada pelo psicólogo Vitor dos Santos Freitas, que atua no O Centro-Dia de Atendimento à Pessoa Idosa com Alzheimer e Familiares, foi uma introdução aos cuidados na terceira idade. “O objetivo é que as pessoas aprendam técnicas de cuidados com o idoso e com eles mesmos, pois é comum o cuidador adoecer. Para qualificar o cuidado e diminuir o estresse de quem cuida, damos orientações práticas como a transferência do leito de maneira correto, manter a alimentação saudável e outras”, exemplificou.
O chefe de Gabinete da Secretaria de Saúde de Volta Redonda, Júlio Dalboni, participou da abertura do curso. “Desejo que todos aproveitem a oportunidade e que o aprendizado aqui se reverta na melhoria da qualidade de vida dos idosos do nosso município”, disse, lembrando que “em alguns anos seremos nós os idosos precisando de cuidados”.
A Gerente da Divisão de Área Técnica e Educação em Saúde, Marciléa Dias de Sá Paiva Lima, explica que a qualificação é voltada para o cuidador familiar, não tem intenção de formar profissionais. “O objetivo é melhorar a qualidade do tratamento do idoso, além de preparar e amparar a pessoa que cuida e a família”, falou.
O curso vai até dezembro. A parte teórica será as terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30, no UniFOA, campus Aterrado. E as vivências práticas serão realizadas no Centro-Dia de Atendimento à Pessoa Idosa com Alzheimer e Familiares, no Jardim Paraíba; Centro Dia de Atendimento à Pessoa Idosa, no bairro Nossa Senhora das Graças; na Instituição de Longa Permanência de Idosos (ILPI), no Dom Bosco.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Estão vendo a necessidade da OBRA DA VILA DOS IDOSOS NO BELMONTE lá estavam sendo construídos sala de fisioterapia refeitório casas PARA OS IDOSOS num terreno de 10 mil metros quadrados quase concluída o prefeito de VOLTA REDONDA deixou a Obra ser tomada por sem terra. Isto se chama política em VOLTA Redonda ONDE anda esta tal de SMIDH da Cidade DE VOLTA REDONDA.

  2. Neste curso, deveriam participar todos da secretaria de saude que atende ao programa saúde familiar. Por cerca de um ano tive essas pessoas olhando uma pessoa enferma de minha familia. Então, pude ver que são extremamentes mau preparados em tudo, do médico ao auxiliar de enfermagem. Os médicos em sua maioria, vinham a cada tres meses quando vinham, uma enfermeira extremamente bruta e mau educada, um fisioterapeuta que a a fisioterapia não chegava a tre minutos, isso mesmo, estou dizendo tres minutos e isso quando vinha, pois passava meses sem ver o paciente. Oque ele gostava, era pegar o carro da prefeitura e ir fazer fisioterapia particulares, onde ele ganha mais. Se for escrever aqui os problemas com relação a esse programa de saude da familia, passarei horas descrevendo. Então, os responsaveis pelo programa devem serem auditados por um orgão independente, ja que os que atuam neste programa, são apadrinhados politicos. Na pior das hipoteses, acabar com esse cabide de emprego, isso, pelo menos em Volta Redonda. Na verdade, a secretaria de saude de Volta Redonda, sempre foi cabide de emprego com a maioria de pessimos profissionais.

Untitled Document