quarta-feira, 13 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / Alex ‘Cowboy’ Oliveira agride ex-esposa em Três Rios

Alex ‘Cowboy’ Oliveira agride ex-esposa em Três Rios

Matéria publicada em 27 de maio de 2019, 08:09 horas

 


Lutador ainda pilotou moto com sinais de embriaguez com filho de 5 meses na garupa

O lutador pretende se apresentar a 108ª DP(Três Rios) com a presença de advogado
(Foto: Redes Sociais)

Três Rios – O lutador do UFC, Alex “Cowboy” Oliveira, está sendo procurado pela Polícia Civil depois de ter agredido a ex-esposa e de ter pilotado uma moto com o filho de 5 meses, no final de semana, em Três Rios.

Segundo o delegado da 108º DP(Três Rios), André Lourenço, a agressão contra ex-mulher foi na madrugada desta sexta-feira (24), e comentou que o lutador teria se envolvido em uma confusão com um dos seguranças de uma festa.

– Parece que eles têm uma desavença antiga. O segurança prestou queixa por ameaça. Segundo ele, o Alex estava com evidentes sinais de estar alcoolizado – alegou o delegado.

Mais tarde, por volta das 9h, de sábado(25), o lutador estava na casa dos pais dele, em Três Rios, quando entrou em contato com a ex-esposa, pedindo para que ela levasse o filho ao seu encontro. O delegado comentou que, quando a mulher chegou, ele não estava, mas logo depois chegou em uma motocicleta.

– Segundo a ex-companheira, ele estava aparentando embriaguez e queria pegar a criança e sair com a motocicleta. Eles iniciaram uma discussão, e ele a teria agredido com socos na cabeça e com tapas. Os pais dele intervieram, a colocando para dentro de casa, mas ele, bastante agitado, teria quebrado a porta do quarto e a agredido novamente – disse

– Ela tirou a chave da moto dele ,mas ele a recuperou, pegou a criança e saiu pilotando a moto. A Polícia foi acionada, localizou a criança em uma propriedade próxima com a irmã dele, e ele não estava no local. Ele não foi localizado até agora – finalizou o delegado.

Na 108ºDP (Três Rios) foi foram registrados as ocorrências de ameaça, lesão corporal, injúria e perigo para a vida ou saúde de outrem. A ex-esposa do lutador foi encaminhada para exame de corpo e delito. O delegado instaurou o inquérito para que o juiz possa pedir a prisão preventiva de Alex “Cowboy” Oliveira. Assim que o lutador for localizado, será encaminhado para a delegacia para prestar esclarecimentos.

O empresário de “Cowboy”, Alex Davis, foi procurado pelos agentes e disse confirmou que não há mandado de prisão contra o atleta, mas que pretende se apresentar.
– Ele irá, junto com seu advogado, ao encontro do delegado responsável, dar a sua versão do ocorrido, oportunamente – afirmou o advogado.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar
    capeta da grota do Santa cruz

    dou lhe um KATAGATAME que ele vai ver!

  2. Avatar

    Cuidado aí DV, não há trânsito em julgado do processo ou confirmação de que ele realmente agrediu (Não que eu acredite em sua inocência). O periódico precisa ter mais cuidado no uso dos termos para evitar possíveis danos aos investigados. Observe os termos usados, “alega”, “parece”, “aparentava”… Logo, AINDA não há certeza da veracidade dos fatos. Repito, NÃO CREIO EM SUA INOCÊNCIA, mas discordo do título usado.

  3. Avatar

    Qual aversão dele do ocorrido? a cabeça da ex bateu na mão do lutador e a criança de 5 meses pulou na garupa da moto? PQP

Untitled Document