Angra celebra a Festa de São Benedito

Na cerimônia foi assinada a ordem de serviço para a restauração da imagem de mais de 300 anos

by Mayra Gomes

Foto: Divugalção

Angra dos Reis – Os católicos de Angra dos Reis celebram nesta segunda-feira (1), o dia de São Benedito, considerado o segundo padroeiro da cidade. Neste ano, o tema da festa é “Celebrando com Fé e Júbilo os 500 anos de São Benedito”. As festividades ocorrem no dia seguinte à Páscoa  apenas em Angra dos Reis, em razão da devoção ter sido iniciada ainda no período da escravidão no Brasil Colônia. A programação religiosa atraiu muitos fiéis e devotos do santo, que é um dos mais populares do país.

As atividades começaram às 6h, com alvorada festiva com repicar dos sinos e banda de música percorrendo as ruas da cidade. Às 7h, houve a celebração da primeira missa na Igreja Matriz, com intenção pelos irmãos falecidos e benfeitores da Irmandade.

Às 10h, foi celebrada a missa solene na Igreja Matriz, presidida pelo Padre Wagner Souza, chanceler da Diocese de Itaguaí, e concelebrada por Frei João Paulo e o pelo capelão do Colégio Naval, Padre Éder. O prefeito Fernando Jordão, a deputada estadual Célia Jordão, os secretários Cláudio Ferreti (Governo), Beth Brito (Urbanização, Parque e Jardins), Andrei Lara (Cultura e Patrimônio)e a vereadora Titi Brasil estiveram presente na missa.

– São Benedito não teve outro consolo nesta vida se não a intervenção de Jesus. São Benedito é uma resposta à cultura de todos os tempos, que aos olhos de Deus somos todos iguais. Por isso devemos nos empenhar para viver como ele viveu e defender o que ele defendeu. Que São Benedito faça brotar em nosso coração a imagem do ressuscitado – declarou Padre Wagner na homilia da missa festiva.

Para muitos fiéis, a devoção a São Benedito vai além da religiosidade, representando também um elo com suas raízes e tradições.

– É uma alegria, eu e meu esposo termos sido festeiros da festa de São Benedito deste ano. Ele que é nosso co-padroeiro, de quem somos devotos. São Benedito intercedei por nossa cidade! – ressaltou, Luciane Rabha, juíza da festa ao lado de Nem Rabha.

Ao final da missa foi assinada a ordem de serviço para restauração da imagem secular de São Benedito, usada tradicionalmente desde o século XVIII nas celebrações e procissões da festa em homenagem ao santo. A assinatura marca um passo muito importante para a preservação da memória religiosa de Angra. A previsão é que os trabalhos durem 90 dias.

– Estamos muito felizes de nesta data, dia de São Benedito, assinar esse documento que dará início a esse trabalho de resgate cultural. A Festa de São Benedito de Angra dos Reis é patrimônio imaterial do Estado do Rio de Janeiro. Nada mais justo que restaurar essa belíssima imagem que há mais 300 anos é venerada em nossa cidade com muito amor e fé pelos seus devotos – comemorou o secretário de Cultura e Patrimônio, Andrei Lara, lembrando que a última restauração foi feita em 1991.

A imagem de São Benedito está presente em Angra dos Reis desde 1652, foi venerado no primeiro Convento de São Bernardino de Sena, onde foi fundada a irmandade que ainda existe. A princípio, a irmandade era composta por escravos. No século XVIII, a imagem juntamente com a irmandade foi transferida para o atual Convento de São Bernardino de Sena.

– Hoje assinamos a ordem de serviço para a restauração dessa imagem que é tão importante para nossa cidade. Uma imagem linda e nossa expectativa é que daqui três meses a imagem possa retornar totalmente restaurada, pois ela é um símbolo de Angra. Que São Benedito possa continuar nos protegendo e abençoando – comentou o prefeito, Fernando Jordão.

Ao meio-dia foi servido um almoço no Convento do Carmo e às 16h será celebrada uma Missa em ação de graças na Igreja Matriz. Logo após, às 17h, ocorre a tradicional procissão com as imagens de São Benedito, Nossa Senhora do Rosário e Menino Jesus pelas ruas do Centro da cidade, seguida de queima de fogos. Encerrando os festejos, no domingo, dia 7 de abril, acontecesse o descimento do mastro, às 17h, na Igreja Matriz.

A festa é organizada pela Irmandade do Glorioso São Benedito da Paróquia Nossa da Conceição e recebe o apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria de Cultura e das empresas Valle Sul e Climasol.  Os juízes do mastro de São Benedito são Victor Soares e Rita de Cássia e Comissão da Festa conta com a participação de Carlos José Ferreira e Maria da Conceição Costa.

Patrimônio do Rio de Janeiro

O Governador Cláudio Castro sancionou, no dia 5 de março, a Lei 10.281/2024, de autoria da deputada Célia Jordão (PL), declarando a Festa de São Benedito de Angra dos Reis como Patrimônio Histórico, Cultural e Imaterial do Estado do Rio de Janeiro. A Lei foi publicada no Diário Oficial no dia 6 de março.

You may also like

Leave a Comment

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996