>
domingo, 22 de maio de 2022 - 00:54 h

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Angra flexibiliza funcionamento do comércio

Angra flexibiliza funcionamento do comércio

Matéria publicada em 22 de abril de 2020, 11:09 horas

 


Angra dos Reis – O Decreto nº 11.625, publicado no Boletim Oficial, entra em vigor a partir desta quarta-feira (22), em Angra dos Reis, e permite a abertura alguns setores da economia.

Comércio

As medidas de isolamento social foram prorrogadas até o dia 6 de maio, com exceção das atividades comerciais essenciais já previstas pelos decretos anteriores e a inclusão do funcionamento de escritórios de advocacia, contabilidade, engenharia, arquitetura e demais profissionais liberais, lojas de tecidos e materiais de aviamento, salões de beleza, cabeleireiros e barbeiros (exclusivamente para atendimento por agendamento) e lojas de manutenção e venda de bicicletas.

Restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos congêneres podem continuar funcionando com capacidade de lotação restringida a 50%, com o horário de atendimento presencial até as 22h, porém, a venda de bebida alcoólica para consumo está proibida.

Medidas preventivas

Segundo o novo decreto, os estabelecimentos em funcionamento deverão controlar a lotação de pessoas, incluindo clientes e funcionários; e organizar filas do lado de fora, se for necessário. Além disso, os comércios terão que se organizar para funcionar em horários diferenciados no atendimento aos consumidores do grupo de risco.

Os comércios também devem garantir o funcionamento das medidas de higiene e proteção, como o fornecimento de máscaras e álcool gel 70% para funcionários e clientes; a higienização dos sanitários de forma constante; e a disposição de sabonete líquido, papel toalha e lixeira.

Bancos

Já as instituições bancárias deverão instituir horário diferenciado para o atendimento do grupo de risco e dos consumidores que buscam atendimento relacionado aos benefícios sociais do poder público.

Máscaras

Outra medida adotada no novo decreto é o uso de máscaras nos espaços abertos ao público ou de uso coletivo, inclusive os comerciais, como os veículos de transporte público coletivo, de táxi e transporte remunerado privado individual de passageiros.

Podem ser usadas máscaras de confecção caseira, conforme as orientações do Ministério da Saúde. A prefeitura de Angra dos Reis distribuirá máscaras nas ruas de todo município, mas orienta que os moradores comprem ou confeccionem as máscara.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document